ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SÁBADO  04    CAMPO GRANDE 21º

Capital

Polícia investiga se primo desaparecido foi mais uma vítima de serial killer

Primo do pedreiro está desaparecido desde outubro do ano passado.

Por Kerolyn Araújo | 30/05/2020 09:30
Cleber cavando o local onde uma das vítimas estava enterrada. (Foto: Henrique Kawaminami)
Cleber cavando o local onde uma das vítimas estava enterrada. (Foto: Henrique Kawaminami)


Sumido desde outubro do ano passado, Franklin Anastácio Carvalho, 43 anos,  pode ser a oitava vítima de Cléber de Souza Carvalho, 43 anos, o ''Predreiro Assassino''.  Franklin é irmão de Flávio Pereira Cece, 34 anos, assassinado pelo serial killer em 2015, na Vila Planalto, segundo as investigações.

O Campo Grande News apurou que um irmão de Franklin procurou a DEH (Delegacia Especializada em Crimes de Homicídios) nesta sexta-feira (29). Ele relatou que não tinha muito contato com o irmão, mas que foi procurar por ele na empresa onde trabalhava.

No local, o homem foi informado que Franklin havia sido desligado da empresa em outubro do ano passado. Ele foi até o endereço que constava no cadastro da firma, no Residencial Ramez Tebet, mas Franklin também não foi encontardo na casa. A moradora disse que não conhece o desaparecido.

A DEH está investigando se Franklin também foi assassinado pelo ''Pedreiro Assassino''. Caso o crime seja confirmado, ele será a oitava vítima de Cleber.

O irmão de Franklin foi morto após uma discussão com o pedreiro, causada por desacerto relacionado à limitação de um terreno. Após matar e enterrar Flávio, Cleber vendeu o lote do primo.

O caso - Cleber foi preso na madrugada do dia 15 de maio, no Jardim Presidente, pela morte do comerciante José Leonel Ferreira dos Santos, 61 anos. À polícia, ele assumiu outras seis mortes e apontou o local onde os corpos haviam sido enterrados.

Preso preventivamente, Cleber está no IPCG (Instituto Penal de Campo Grande, em cela isolada.