A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

18/02/2014 12:24

Polícia prende camaroneses que prometiam R$ 300 mil com truques

Graziela Rezende
Camaroneses estão com a prisão preventiva decretada. Foto: DivulgaçãoCamaroneses estão com a prisão preventiva decretada. Foto: Divulgação

Hospedados em um hotel de luxo da Capital, três camaroneses foram presos pela Polícia, após a tentativa de aplicar o “golpe da nota negra”. A vítima, em um primeiro momento, repassaria a eles R$ 100 mil. No entanto, antes da entrega de metade do valor, policiais prenderam o grupo. Eles já tiveram a prisão preventiva decretada, segundo a delegada Ariene Cury, responsável pelas investigações.

Valery Giscal Ngangum, 32 anos, Aphatian Duplair Kako, 31 anos e Jean Jacques Pierrin, 41 anos, chegaram a um mês na cidade. O trio aprendeu truques de mágica e garantia triplicar o “dinheiro investido” no negócio. Para convencer a vítima, que trabalha em um posto de combustíveis da avenida Mato Grosso, eles visitavam diariamente o local.

“Já nas últimas conversas eles combinaram um local para demonstrar como triplicariam o dinheiro da vítima, dizendo que se tratava de um grande negócio transformar R$ 100 mil em R$ 300 mil. Um servidor da Sejusp (Secretaria de Justiça e Segurança Pública) escutou parte da conversa e ainda recebemos uma denúncia, que deu início a investigação”, explica a delegada.

Golpe antigo - A Polícia foi ao quarto dos autores e apreendeu diversos petrechos, já encaminhados para a perícia. “Eles estavam com R$ 3,6 mil, iodo, parafina e outros objetos. Este é um golpe antigo, no qual já foi aplicado em Santa Catarina e também em São Paulo, sendo que aqui configurou apenas a tentativa”, comenta a delegada.

Assim que comprovado os crimes, a delegada decidiu por não arbitrar a fiança aos envolvidos. “Eles permanecem na Derf (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos) e estão com a prisão preventiva decretada. O trio responderá por tentativa de estelionato e formação de quadrilha”, finaliza a delegada.



SE DESSEM AULAS DE FRANCES;NAO ESTARIAM PASSANDO ESSE VEXAME TODO
 
rejani rilke em 19/02/2014 09:58:06
Todos os dias saem à vida os espertalhões e os inocentes ambiciosos que adoram levar vantagens, quando se encontram geralmente dá negócio.
 
regina caseiro em 18/02/2014 14:05:16
OU SEJA NÃO ADIANTA PRENDER ESSES V... DAQUI ALGUMAS HORAS JÁ ESTARÃO DANDO MAIS GOLPES!!!
FALTA CADEIA PRA TANTO V...!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
 
idevaldo de jesus em 18/02/2014 12:58:48
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions