A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

08/08/2012 15:26

Preso casal que furtou bolsa com R$ 3,5 mil esquecida em hipermercado

Viviane Oliveira
O casal foi preso, ouvido e liberado. (Foto: reprodução)O casal foi preso, ouvido e liberado. (Foto: reprodução)

A Polícia prendeu na manhã de hoje (8) o casal que furtou na última sexta-feira (3) a bolsa de uma mulher de 54 anos dentro do estacionamento de um hipermercado na saída para Três Lagoas, em Campo Grande. Toda ação foi filmada pela câmera de segurança do estabelecimento.

De acordo com o delegado titular da 1ª Delegacia de Polícia Civil, Wellington de Oliveira, o casal que aparece na imagens é Kátia Regina de Oliveira Carvalho, de 39 anos, e Ausemario Reinaldo de Carvalho, de 53 anos.

Para a Polícia, Kátia disse que usou o dinheiro para pagar a faculdade dela e do esposo. A bolsa foi localizada na casa de Kátia. O casal vai responder por furto e apropriação de coisa achada. Ainda de acordo com o delegado, o casal vai ter que devolver o dinheiro para a vítima.

Vídeo-Ontem a Polícia divulgou o vídeo em que aparece o casal furtando a bolsa dentro do estacionamento do hipermercado.

A vítima relatou que após colocar as compras no veículo acabou esquecendo no estacionamento a bolsa dentro do carrinho de compras.

Ao perceber que havia esquecido, a mulher voltou ao hipermercado, porém a bolsa não estava mais lá. A câmera de segurança do estabelecimento flagrou o momento que um casal chega no local, pega a bolsa e coloca dentro do veículo deles.



EM PRIMEIRO LUGAR ELES NAO FURTARAM,ELES ENCONTRARAM NO PATIO DO SUPERMERCADO,ELES NAO FORAO COM INTENCAO DE FURTAR, SIMPLESMENTE ENCONTRARAM CERTO QUE ELES DEVERIAN TER ENTREGUE,MAS NAO E QUE ELES FORAO LA PARA FURTAR,ISO NAO PODE SER CHAMADO DE FURTO....
 
RAISSA SILVA em 12/08/2012 09:06:00
Caso complicado, E ainda é dificil comprovar que tinha 3,5 mil. Quando alguém perde a carteira, se só devolvem o documento ja ficam feliz da vida.
Acho furto propriamente dito uma acusação pesada. Pelo menos fica uma lição de não sair pegando tudo que se acha...comprovando mais uma vez o jargão "a ocasião faz o ladrão".
 
Alan Baléro em 09/08/2012 12:37:29
éé!! pessoal! a camera filmou o casal que achou e se apoderou da bolsa, mas a camera nao filmou o valor que havia dentro da bolsa,esquecer uma bolsa com 3,5 mil dentro tbm é falta de conciencia,deveriam ter colocado a bolsa com tanto dinheiro dentro do carro primeiro depois guardar as compras,se havia mesmo esse valor,foi vacilo do grande,mereceu o susto,agóra ve se aprende a se precaver.
 
Lucas da Silva em 09/08/2012 10:49:31
Continuação, ja possui a posse da coisa, não precisando subtraí-la. Dever Moral e Cristão: Aquilo que não é meu não devo ficar com ele. Eu tive o meu aparelho celular furtado no Supermercado Pires das Moreninhas, coloquei-o em cima do balcão enquanto passava as compras e uma cidadã apoderou-se dele, segundo o que mostrou na camera registrado na fita, que vergonha.
 
Loenir G. de Arruda em 09/08/2012 09:35:39
Apropriação indébita: É o crime previsto no artigo 168 do Código Penal Brasileiro. Definição: É a posse legítima de coisa alheia móvel, porém vindo o agente a se comportar como dono da coisa. Essa inversão pode ser: Pela retenção: o agente demonstra o ânimo de não devolver; Pela disposição da coisa: através do consumo próprio indevido; Tem certa semelhança com o furto, porém o agente já possui
 
Loenir G. de Arruda em 09/08/2012 09:27:40
Na minha visão falta só uma palavra: TEMOR
Temor a DEUS, pq as pessoas se fazem de espertas, digamos, esquecem que Ele tudo vê, tudo sabe e que um dia prestaremos conta dos nossos atos, bons e ruins e então seremos julgados,como disse São Paulo: Tudo nos é permitido , mas nem tudo nos convem! Apropriar-se do alheio? Meu Deus, tenha misericordia de todos nós!
 
Divina Lemos em 09/08/2012 09:13:33
Com certeza esse lance de "Sou Brasileiro e não desisto nunca" não é com eles...
 
Patrícia Paula em 09/08/2012 08:09:32
Pessoas honestas entregariam a bolsa no balcao de servico ao consumidor. Se achassem uma crianca no estacionamento do supermercado tambem a levariam pra casa a tomariam como se fosse deles? Estao na faculdade e ainda nao adquiriram CULTURA.
 
Maria Campos em 09/08/2012 07:33:57
Pra mim esse casal de C. Gde precisava também aparecer em rede nacional para mostrar a disparidade que existe nesse país... Como dizem: “Quanto mais se tem mais se quer” =/
 
Aldineia Silva em 08/08/2012 11:50:56
mas possuem princípios de berço, eles também acharam algo que dentro tinha dinheiro e também possui lá informação que identificava o dono, mas diferente desse casal de C.Gde eles foram honestos, dignos e honram os ensinamentos de seus pais e não pensaram duas vezes e devolveram o dinheiro. Que diferença hein?! Pra mim esse casal de C. Gde precisava também aparecer em rede nacional para ...
 
Aldineia Silva em 08/08/2012 11:50:14
Pois é né?! Podemos ver que ñ são pessoas que estão mal vestidas, são pessoas que fazem faculdade e tal, mas do que vale este conhecimento se não possuem princípios?! Há certo tempo atrás vimos na televisão em rede nacional o casal que vive em baixo do viaduto, que não fazem faculdade e que passam por dificuldade que provavelmente entram raramente em um supermercado por não ter dinheiro, mas...
 
Aldineia Silva em 08/08/2012 11:49:26
Q coisa feia hem casal! dias atrás um casal devolveu R$ 20.000,00 e eram mendigos!!
O Brasil bateu palmas para a honestidade deles coisa rara hj em dia! agora pra vc casal desonesto: vaiasssss...vaiasssssss....vaiassssss....indgnação por saber q são acadêmicos, gente quem sabe até culta....aí óh...sem caráter...atitudade feiaaaa...q pena!
 
Maryai Santos em 08/08/2012 09:14:11
ENTÃO NÃO É FURTO??? O CASAL VAI NO SUPERMERCADO, PEGA UMA BOLSA QUE NÃO É SUA, E NÃO É FURTO??? A BOLSA ERA DELES??? SE ELES PEGASSEM A BOLSA DE UM FUNCIONÁRIO QUE PODERIA ESTAR POR ALI TAMBEM, NÃO SERIA FURTO??? PELO AMOR DE DEUS, É FURTO SIM, LEVARAM O QUE NÃO ERAM DELES, PEGARAM PERTENCES DE OUTRAS PESSOAS, DINHEIRO DE OUTRAS PESSOAS!
 
Thiago Silva em 08/08/2012 09:04:13
essa senhora e o vôvô do mal se deram foi mal, a bolsa estava dentro do estabelecimento, o correto seria entregar pra alguem responsavel do supermercado, mas resolveram levar na mão grande, o certo tinha que ver o sol nascer quadrado, vai que fazem mais vitimas, manda pra máxima esses pilantras.
 
Gustavo Boldrin em 08/08/2012 08:50:43
"Achado não é roubado"?!?!?
Apropriar-se de coisa achada sem restituí-la ao dono é crime inclusive tipificado no Código Penal: inciso II do parágrafo único do artigo 169. Detenção de 1 mês a 1 ano, e multa.
Legislação à parte, o ato desse casal é, moralmente, uma espécie de roubo. Colocaram um bem relativo (pagar a faculdade) acima da Justiça. Mas a visão torta de muita gente não enxerga isso...
 
Marcel Ozuna em 08/08/2012 08:49:25
- Pessoal, vamos combinar, honestidade não tem quantitativo e nem medida, ou se é honesto ou desonesto. Apropriação indébita, mas que ficou feio não tenho a menor duvida. Eita Brasil, eita povinho... depois não queremos ser rotulados no exterior, mas todos os nossos atos são verdadeiros tiros nos pés. Vergonha.
 
Zuza Ratier em 08/08/2012 08:19:50
" Acusação: O casal vai responder por furto e APROPRIAÇÃO DE COISA ACHADA..." mudaram o CPB e não estou sabendo.. hahahahahaaha
 
Ronei Barbosa de Souza em 08/08/2012 08:16:15
ESSE CASAL, TEM QUE PEGAR CANA MESMO.SÃO SAFADOS E DESONESTOS. TODOS OS LUGARES QUE VAMOS ESTA CHEIO DE GENTE DESSE TIPO.TEM GENTE AKI DEFENDENDO ESSES PILANTRAS, QUERO VER SE A BOLSA FOSSE DELES.TOMAM VERGONHA NA CARA.
 
ROBERTO NUNES OLIVEIRA em 08/08/2012 08:13:55
concordo com aqueles que defenderam que achou e se apropriou é roubo sim, pq ontem mesmo encontrei no shopping dois cartões de credito e debito da caixa com senha e tudo no porta cartão...nem por isso me dei o direito de ir la e sacar o dinheiro..não era meu porque deveria de pegar,...liguei na caixa consegui o telefone da pessoa liguei pra ele e devolvi tudo.. temos que ser justos...!!!
 
graciete adolfo em 08/08/2012 08:03:40
Casal de malandros, sem vergonha, exemplo negativo.
 
NEWTON BARROS em 08/08/2012 08:03:28
Graças a Deus, tinha câmera para filmar. Pois o casal sabia q estavam errados tanto q acabaram nem fazendo compras no mercado. E foram embora o objeto.
 
NATALLY PORTILHO em 08/08/2012 07:48:40
Parabéns aos investigadores da nossa "gloriosa" Polícia Civil do MS, mostrando para o povo que aqui não se deve subestimar a inteligência da Polícia.

PMMS e PCMS bem remunerada, é polícia eficiente Sr Governador!!!
 
Luciano Silgueiros em 08/08/2012 07:46:26
Gente a mulher esqueceu a bolsa dentro do carrinho...isso nao significa furto...como ja disseram achado nao e roubado
 
Erica macedo em 08/08/2012 07:17:30

Desculpa de desonesto é sempre essa!
"achado não é roubado"
 
Ana Costa em 08/08/2012 07:07:42
Srs Marcos e Giordano , vcs faltaram a aula de ser honesto.
Qualquer pessoa que toma posse de algo que não é de sua propriedade é considerado roubo.
 
Ana Costa em 08/08/2012 07:04:40
Não é furto (pois a "vitima" esqueceu), mas com certeza é apropriação indevida. Pois como Athaide já falou, com certeza tinha documento na bolsa que permitiria este casal achar a dona da bolsa, e entrar em contato. Ai, poderiam ter recebido algum agradecimento. Agora simplesmente vão ter que devolver. Ainda bom que so pagaram a faculdade com isso (gasto já previsto) e não desperdiçaram...
 
Marcos da Silva em 08/08/2012 06:24:53
Desde quando Delegado tem poder para determinar que uma pessoa seja obrigada a devolver algo ? Delegado não é Juiz, ele fala o que acha, o Juiz determina o que a Lei manda. Por outro lado, o casal não roubou, achou, (deveria ter devolvido) mas não pode ser acusado de furto.
 
ReginaldoGadelha em 08/08/2012 06:23:53
GILSON vc naum sabe o q diz ,até pq vc naum viu as imagens das cameras para ver o q aconteceu d fato.....e ELIA BENTO espero q isso nunca aconteça com vc . pq se acontecer vc mudaria este comentario.....e eles tem q pagar mesmo pq isso naum se faz ....e JOAO FERRI , poderia ter acontecido com sua mãe ou até com sua avó.... fico muito triste com certos comentarios ,mas fazer o q ..
 
sidnei santos em 08/08/2012 06:14:00
Eles pegaram o dinheiro e pagaram a faculdade, segundo a notícia, ou seja, usaram indevidamente pois era uma bolsa, não algumas cédulas soltas. Certamente haviam documentos e meios de se achar o dono (como voltar ao mercado e ver as filmagens). Pessoas HONESTAS devolveriam ao dono ou ao responsável no estabelecimento.
 
Paula Hernandes em 08/08/2012 05:36:25
Ô camerazinha abençoada !! Se não fosse por ela ia ficar barato para o casal.
Big Brother do bem. Agora o casal ficou feio na foto hein?
 
Ilda Ruiz em 08/08/2012 05:31:57
achado não é roubado, quem perdeu é relaxado
 
elia bento em 08/08/2012 05:08:54
Mais pq foram liberados? coisa feia, apropriar de algo que não é seu, triste realidade, onde só pensamos em nós, espero que justiça pelo menos cobre o valor roubado.
 
Edivaldo André em 08/08/2012 05:00:18
Isso demonstra que eles só são honestos se tiver alguém olhando.
 
Athaide Romero em 08/08/2012 04:59:15
Pelo contrário Gilson. Achar uma bolsa e se apropriar dela é tão errado quando furtar. Você tem todos os documentos da pessoa dentro, sabe que pode localizá-los, e mesmo assim se acha no direito de ficar com uma coisa que nao é sua.
É por causa disso, de gente que pensa como você, que nós somos o Brasil, e não a Suíça ou o Japão.
 
Athaide Romero em 08/08/2012 04:57:00
Gilson Giordano, o difícil é entender o que você escreveu. É tudo muito fácil: a pessoa se distraiu um pouco, deixou a bolsa desvigiada e dois cidadãos a pegaram, simples assim.
 
Gustavo Ribeiro em 08/08/2012 04:53:00
Espera, esqueceu, deixou, abandonou, o que realmente aconteceu, como acusar de furto , tudo bem que eles levaram a bolsa, sabe lá se não iam devolver, açãozinha fácil para qualquer advogado, heim, eu que sou leigo já faço essa defesa... e outra, está na hora da vovó ai ficar mais atenta um pouco né, por favor heim tia...
 
João Ferri em 08/08/2012 04:50:10
Mas conforme o título, a BOLSA FOI ESQUECIDA NO HIPERMECADO. Bem sendo esquecida, ela (bolsa) poderia estasr no balcão.. caop de algum carro.. no paa-peito.. sei lá..... existe uma difere~ça muito grande: furtar.. e absorver os pertences de uma bolsa (no caso) que foi esquecida.......... é.. na verdae é duro entender o que o pessoal escreve, isso sim.
 
Gilson Giordano em 08/08/2012 04:29:27
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions