ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUINTA  18    CAMPO GRANDE 24º

Capital

Polícia suspeita que homem executado em frente de casa teve morte encomendada

Os criminosos estavam em frente à casa da vítima e esperaram o filho dele entrar no imóvel para atirarem

Por Karine Alencar e Ana Beatriz Rodrigues | 27/07/2022 18:24
Adriano Ferreira Ocampos, 34 anos, foi atingido por ao menos 8 tiros. (Foto: Marcos Maluf)
Adriano Ferreira Ocampos, 34 anos, foi atingido por ao menos 8 tiros. (Foto: Marcos Maluf)

Adriano Ferreira Ocampos, de 34 anos, executado no início da tarde de ontem, terça-feira (26) em frente de casa no Bairro Jardim Los Angeles, com 11 tiros, provavelmente teve morte encomendada. Essa será uma das principais linhas de investigações da polícia.

Segundo o delegado Rauali Kind da 5ª DP (Delegacia de Polícia de Campo Grande), não teve perseguição. Os criminosos estavam em frente à casa da vítima e esperaram o filho de Adriano descer da moto e entrar no imóvel para fazerem os disparos.

A irmã do homem que estava em casa no momento do acontecido, ouviu os tiros e empurrou a criança para escondê-la, logo em seguida escutou os passos dos suspeitos no local.

Em relatos à polícia, ela contou que um dos homens estava na moto, enquanto outro o abordou dizendo "perdeu playboy". Depois, foram embora tranquilamente. Ao abrir a porta, ela encontrou o irmão já sem vida.

Tráfico - Em outubro de 2014, Adriano foi preso com outras duas pessoas, uma delas a sobrinha do homem que na época tinha 17 anos, na mesma casa onde foi morto. Na época foram encontrados no local 1,34 mil tabletes de maconha. A droga totalizou 659,8 quilo.

Na ocasião, os policiais disseram que estavam fazendo ronda pelo local quando avistaram um veículo Palío branco com placas de Ponta Porã conduzido por Deydivi Ramires de Moraes, 22 anos.

Ramires afirmou que havia sido contratado para ser batedor e se caso fosse parado faria distração para que uma caminhonete S10 passasse enquanto o Palio era revistado. Dentro do carro, os policiais encontraram dentro do carro 24 pneus. Diante disso, os policiais encontraram a caminhonete S10 com placa de Goiânia, que é produto de furto e era conduzido por Ocampos.

Nos siga no Google Notícias