A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

09/11/2011 11:17

Policiais ‘fecham’ Cepol por 24h em manifesto por melhorias

Nadyenka Castro e Francisco Júnior

Aproximadamente 200 policiais se reuniram em frente ao Centro Especializado e decidiram pela paralisação

Policiais reunidos no Cepol definiram pela paralisação de 24 horas. (Foto: Simão Nogueira)Policiais reunidos no Cepol definiram pela paralisação de 24 horas. (Foto: Simão Nogueira)
Alexandre Barbosa fala sobre as reivindicações da categoria. (Foto: Simão Nogueira)Alexandre Barbosa fala sobre as reivindicações da categoria. (Foto: Simão Nogueira)

Em manifesto por melhorias para a categoria, policiais civis decidiram ‘fechar’ o Cepol (Centro de Polícia Especializada), em Campo Grande, por 24 horas.

Aproximadamente 200 policiais se reuniram em frente ao Cepol, que fica na rua Ceará, na manhã desta quarta-feira e decidiram cruzar os braços.

A outra opção da classe era definir sobre a paralisação somente após a reunião com o governador André Puccinelli (PMDB), agendada para o dia 29 deste mês.

A paralisação faz parte da operação iniciada na segunda-feira, denominada “Cumpra-se a Lei”. A ação tem por objetivo fazer ser cumprido à risca o que determina o regulamento do exercício profissional do policial, o que muitas vezes não acontece por falta de efetivo e condições adequadas de trabalho, como viaturas em perfeito estado de conservação, utilização de armas e equipamentos somente da administração pública.

Segundo o presidente do Sinpol (Sindicato dos Policiais Civis), Alexandre Barbosa, os policiais reivindicam melhora nas condições de trabalho, principalmente no Cepol, onde funcionam cinco delegacias especializadas: Homicídios, Crimes Fazendários, Contra a Ordem Pública e Social; de Atendimento à Infância e à Juventude e Capturas.

Conforme o sindicalista, o imóvel não tem condições mínimas de funcionamento. “Sem bebedouro, sem banheiro. Os policiais estão tendo que usar o banheiro do posto de combustíveis que fica ao lado”, fala Alexandre.

O Sinpol denuncia ainda o desvio de função, alegando que muitos policiais assumem o papel de carcereiro, cuidando de presos em delegacias, quando os mesmos deveriam estar em cadeias públicas ou presídios.

Os policias também pretendem enviar ao governador as reivindicações antes do encontro, para que já cheguem no dia com uma resposta.

Eles querem que o salário passe de R$ 2,1 mil para R$ 3,9mil, o mesmo de Mato Grosso, conforme o sindicato. Segundo o Sinpol, o salário de Mato Grosso do Sul é o pior do Centro-Oeste e 18º do País.



Eu sofri um assalto com arma. Na época fui levada à CePOL. Sempre me disseram que policial é mal-educado. Digo que em relação aos policias não posso reclamar desde a policia militar a policia civil, mas tive que esperar outros ladrões na frente do meu e advinha onde fiquei? Do lado de fora, pq de dentro vinha um cheiro de fossa horrível. Por favor Direitos Humanos a vitima tb!!
 
Ariane Cabral em 10/11/2011 12:07:39
Sou cidadão deste estado e vejo que se não ouver uma rapida reestruturação na PC ela vai acabar ou entrar em colapso. 1º tem que se trocar todos delegados da adm, pois eles nada fazem a não ser defender e brigar por cargos, 2º fazer um concurso urgente e 3º melhorar salarios e equipamentos...e o mais importânte o MP ir nas delegacias e ver o que esta errado e fazer valer a justiça para os PCs.
 
Marcelo Canto em 09/11/2011 12:52:20
É justo o aumento do salário dos policiais, eles arriscam a vida tentando preservar a órdem e em troca recebem baixos salários e poucas condições de trabalho.
 
Mariana Menezes em 09/11/2011 12:09:59
Acredito que toda a população sulmatogrossense apóia a luta dos Policiais Civis deste estado. O que estão reivindicando nada mais é que o mínimo necessário para que se possa prestar um serviço de melhor qualidade à população. Parabéns a vocês e continuem na luta, pois sei que nós cidadãos somos os mais beneficiados com uma polícia forte e atuante.
 
FERNANDO CÉSAR DIAS em 09/11/2011 04:23:43
Não sabiam do salário antes de prestar concurso? Porque não estudaram mais e não fizeram para um cargo melhor remunerado
 
eduardo pacheco em 09/11/2011 04:20:52
passando 3,9mil, (sete salario mim.) acho pouco, eles estudaram, passaram no concurso, fizeram academia, ariscam a propria vida. Agora pergunto 2.1mil? da sustentar uma casa?
 
Aparecida Romeiro em 09/11/2011 03:53:57
Parabenizo aos Policiais que estao buscando por melhorias de salario, bem como por melhores condiçoes de trabalho, e aproveito pra chamar a atençao daqueles que escondem-se na hora de lutar por algo melhor pra si e pra sua familia. Aqueles que se acham machos o suficiente para usar uma arma e encarar o bandido, mas continuam a se esconder diante de um olhar de reprovaçao de um delegado. acordem
 
Antonio Carlos em 09/11/2011 02:37:27
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions