A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

01/08/2015 21:58

Policiais rodoviários entregam alimentos para clínica de recuperação

Thiago de Souza
150 pacientes se recuperam do vício de drogas, na Chácara Clínica da Alma. (Foto: Assessoria/SinPRF)150 pacientes se recuperam do vício de drogas, na Chácara Clínica da Alma. (Foto: Assessoria/SinPRF)
Alimentos são importantes pois o local sobrevive de doações. (Foto: Assessoria/SinPRF)Alimentos são importantes pois o local sobrevive de doações. (Foto: Assessoria/SinPRF)

O SinPRF (Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais de Mato Grosso do Sul), cumpriu mais uma etapa da campanha “Menos Drogas e Mais Solidariedade”, e entregou cerca de 630 quilos de alimentos para a Chácara Clínica da Alma. No local, 150 dependentes químicos fazem tratamento contra diversos tipos de drogas.

O total de alimentos arrecadado na campanha superou duas toneladas. Cinco carros foram utilizados para deixar os alimentos na clínica. Agentes rodoviários e voluntários também participaram da ação.

O pastor Milton Marques é responsável pela clínica, agradeceu as doações e ressaltou a responsabilidade social do trabalho. “Não tenho mais como voltar atrás neste trabalho, não tenho como dizer não para uma mãe que implora por uma vaga aqui para seu filho”, relatou o religioso.

O tratamento é gratuito e pode levar de seis meses a um ano. A chácara sobrevive de doações, e reparos e melhorias no local são feitos pelos próprios pacientes.

Além dos alimentos, todas as roupas e sapatos arrecadados durante a campanha foram deixados no local.

O empresário Mário Neves fazia uma visita no momento da entrega de doações e disse que conheceu a chácara por meio de um amigo e que "sempre que pode, venho visitar”. Ele é um mantenedor da obra e apoiador do trabalho do pastor.

O presidente do SinPRF-MS, Lúcio Nogueira ficou impressionado e surpreso pelos desafios cotidianos enfrentados pela comunidade. “Todos os dias retiramos das rodovias drogas que se chegam às ruas, acabam por destruir muitas vidas, pois não atinge apenas uma pessoa, mas uma família, uma comunidade e é gratificante podermos contribuir, de alguma forma, para este trabalho continue”, finalizou.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions