ACOMPANHE-NOS    
MARÇO, SEXTA  05    CAMPO GRANDE 25º

Capital

Policial civil preso foi autuado também por receptação e porte ilegal

Além da cocaína, policiais apreenderam 70 munições e uma pistola que seriam do escrivão

Por Adriano Fernandes e Marta Ferreira | 22/11/2019 19:50
Rafael Grandine Salles, de 35 anos. (Foto: Reprodução/Facebook)
Rafael Grandine Salles, de 35 anos. (Foto: Reprodução/Facebook)

Preso nesta sexta-feira (22) ao ser flagrado com 45 gramas de cocaína, o escrivão da Polícia Civil Rafael Grandine Salles, de 35 anos, também vai responder pelos crimes de receptação e porte ilegal de armas.

Além da droga os policiais encontraram na república onde vivem policiais civis em Ponta Porã, 37 munições de origem estrangeira calibre .380 e 33 cápsulas de calibre .40 que pertenceriam ao suspeito.

Já com o escrivão em Terenos foi apreendido uma pistola calibre .9 milímetros. O escrivão foi preso em flagrante por equipe do Garras Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros).

Grandine é o quinto integrante da Polícia Civil alvo da Omertà, operação que investiga execuções em Mato Grosso do Sul. Também foram presos em setembro, os policiais Elvis Elir Camargo de Lima, 46 anos, Frederico Maldonado Arruda, 56 anos, Márcio Cavalcanti e Vladenilson Olmedo. Os empresários Jamil Name e Jamil Name Filho são apontados como chefes da organização.

O que era rápido, melhorou! Seja exclusivo, cadastre o telefone (67) 99981 9077 e receba as notícias mais lidas no Campo Grande News pelo seu WhastApp. Adicione na sua lista de contato, mande um “OI”, e automaticamente você será cadastrado.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário