A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

20/11/2012 11:39

Policial mata pit bull para salvar vizinho na Nova Campo Grande

Francisco Júnior

Um policial civil matou a tiros uma cadela da raça pit bull na madrugada desta terça-feira (20), no bairro Vila Nova Campo Grande, na Capital.

De acordo com o boletim de ocorrência, por volta das 2h40 o vizinho do policial estava chegando na casa dele e no momento em que abriu o portão foi atacado pelo animal, que estava solto na rua.

Conforme o boletim, a cadela mordeu a perna do homem, causando lesões. Em seguida, o animal atacou e matou uma cadela da raça pincher que estava na casa.

A vítima pediu a ajuda ao policial, que ao ver que o cachorro iria atacar o vizinho novamente, efetuou disparos que acertaram a cadela, que acabou morrendo.

O animal é de propriedade de um morador do bairro. Os dados deles foi repassado para Polícia. O caso foi registrado na 7ª Delegacia.

Promotoria e prefeitura firmam acordo para recuperar área de preservação
Foi celebrado entre o MPE (Ministério Público Estadual) e a prefeitura de Campo Grande acordo para recomposição da vegetação nativa da área de preser...
Concurso recebe inscrições para 83 vagas técnico-administrativas
Seguem abertas as inscrições para o concurso que oferece 83 vagas para técnico-administrativos em Educação na UFMS (Universidade Federal de Mato Gros...
Vice-governadora visita projeto em que detentos reformam escolas
O projeto "Pintando e Revitalizando a Educação com Liberdade", desenvolvido pelo Poder Judiciário estadual, foi conhecido e elogiado na sexta-feira (...
Crianças do Vespasiano Martins recebem Papai Noel e ganham presentes
As crianças do loteamento Vespasiano Martins, na periferia de Campo Grande, receberam a visita especial do Papai Noel neste sábado (16). Foram distri...


Sempre tem uns sem noção pra defender cachorro que ataca as pessoas e bandido. QUE OUTRA FORMA PODERIA SER USADA PRA CESSAR A AGRESSÃO DO CÃO AS 2 HORAS DA MANHÃ, SEUS CABEÇUDOS.
 
ivan Carlos Oliveira em 21/11/2012 08:16:07
ah sim! claro! armas não letais não é mesmo sr. oswaldo ferreira? mais conhecidas como teaser correto? as mesmas que mataram um brasileiro no metrô lah na europa neh? prefiro ver um cão morto do que meu filho todo desfigurado ou até mesmo morto...e o sr? prefere o que?
 
adriano serra em 20/11/2012 21:27:32
Parabéns ao policial que salvou uma vida, de um animal tão bruto.
eu adoro animal, mas não crio cachorro justamente pra nao ficar na rua, lugar de cachorro e no quintal, se não é fechado ou não tem condiçoes, nao cria.

 
suzana santos da silva em 20/11/2012 16:29:40
Não concordo com a afirmação de que a única saída era matar o animal, já passou da hora de ter armas não letais também para esses casos, já tive pitbull e nunca me causou problema, se o dono não cuidar vamos continuar vendo esse tipo de coisa.
 
Oswaldo Ferreira em 20/11/2012 16:16:57
A solução pra esse caso Wanly, seria o proprietário manter o cão devidamente sob seus cuidados e não solto na rua!! É lógico que pode ocorrer do animal "fugir" sem o conhecimento do dono. Felizmente o vizinho da vítima- que por acaso é policial, conseguiu defendê-la atirando no cão (que tqmbém é uma pena). Qual seria sua sugestão!!?? Agarrar o animal à unha e correr o risco de ficar com graves seqüelas!!?? ter o rosto desfigurado - como já se viu em tantas reportagens!!?? Tenho cães e cuido muito bem deles, mas nesses casos não podemos julgar as vítimas - que inclusive foram atacadas!!! O grande responsável pela morte dos cães e das lesões na vítima é uma só pessoa: o dono - que não tomou as medidas necessárias para evitar que seu cão saísse às ruas ferindo os outros!!!
 
laercio souza em 20/11/2012 14:48:03
Lugar de cão que tem dono é dentro de casa, não na rua mordendo e atacando as pessoas... quando não é com a gente é fácil criticar e dizer "a única solução foi matar", mas quero ver quando acontece com um familiar seu, o que vai fazer, quero ver se vai ter a coragem de passar a mão na cabecinha do coitadinho do cachorrinho...
 
Mário Márcio Schueller de Almeida em 20/11/2012 14:31:29
Vai fazer o que? Se o animal esta atacando, não tem outra forma a não ser matar.
Infelizmente, isso acontece e é por culpa dos próprios donos, que deixam o animal escapar, ou até mesmo incitam a violência.
Já pensou se esse animal atacasse uma criança ou um idoso? Com certeza não teriam a chance de se defender, e siceramente eu prefiro ver um animal morto a um parente.


 
Thais Almeida em 20/11/2012 14:31:11
Wanly, seu filho pequeno poderia estar sendo atacado pelo cão, e aí, vc deixaria o filho morrer?
 
Marcelo Souza em 20/11/2012 14:26:29
Tem mais é que matar mesmo, esta raça de cachorros são violentos e, quando ataca alguem, matam mesmo. Parabéns ao policial que salvou uma vida.
 
Mirtes Lourenço Camilo em 20/11/2012 14:22:50
NÃO ACREDTO QUE ALGUÉM FIQUE HORRORIZADO COM ESSA ATITUDE DO POLICIAL.... QUE SÓ QUIZ SALVAR UMA PESSOA. POR MIM TODOS OS PITBULLS DO MUNDO DEVERIAM SER EXTERMINADOS POIS, ELES FORAM CRIADOS PARA MATAR,ESSA HISTORIA DE QUE PITBULL É DOCIL,É PRÁ BOI DORMIR.
 
Ana Costa em 20/11/2012 14:16:19
Atitude mais do que correta!! Na iminência do perigo e de ameaça a vida assim como demais danos que poderiam ser permanentes além de uma simples cicatriz, o Policial agiu corretíssimo salvando vida que está também dentro de sua atribuição de proteção. Cabe ao dono desse cão, nada mais nada menos que arcar com todos os custos em relação a vítima lesionada e ser penalizado com todo o rigor da lei, visto que esta displicência ainda mais com animal desse porte, oferece riscos a saúde e a vida tanto de adultos, crianças e outros animais menores.
 
Marcello Maia em 20/11/2012 13:21:29
Nessas situações o cão deve ser morto mesmo.
O que o policial deveria fazer? Dar voz de prisão ao cachorro e algemá-lo?
Amo os animais, mas a vida humana é infinitamente mais valiosa.
 
Jair Neves em 20/11/2012 13:21:11
Wanly Pereira, você queria que o policial apontasse a arma pro cão e gritasse "Para ou eu atiro"?? Ah vá né... E o policial fica todo cheio de dedo para atirar em bandidos por causa da mídia que temos hoje que da mais valor aos bandidos do que as pessoas de bem.

Sou um profundo defensor dos animais, mas infelizmente nessa situação não tinha outra saida.

Agora o que precisa ser feito é responsabilizar o dono dessa cachorra que deixou que ela ficasse solta, ele sim precisa pagar pelas consequências.
 
Luiz Henrique Nihues em 20/11/2012 13:20:19
Parabens ao policial por uma atitude louvável.A vigilância sanitária tería que eliminar todos os cães solto nas ruas, que coloca as pessoas em risco,incomoda a todos e ainda faz sujeira.
 
porfirio vilela em 20/11/2012 13:18:20
Adorei!!! perfeita sua comparação Wanley Pereira, foi muito acertada garoto.
Grande abraço.
 
Neyde de Oliveira em 20/11/2012 12:47:17
Infelizmente homens ainda não acham outra forma de lidar com os animais. Pena, depois dizemos que somos racionais...
 
Dirlene Araujo em 20/11/2012 12:31:19
A única solução que encontram é matar o cão...se o cara estivesse sendo atacado por um ladrão,o policial iria ficar cheio de dedos para matar o meliante...mas cachorro...tudo pode.
Me revolta.
 
Wanly Pereira em 20/11/2012 12:05:37
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions