ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, QUARTA  23    CAMPO GRANDE 31º

Capital

Por telefone, bandido cobra R$ 6 mil para revelar mandante de execução

Golpista disse que havia sido contratado executar o homem, mas que não cometeria o crime se ele pagasse R$ 6 mil

Por Kerolyn Araújo | 05/08/2020 08:04
Vítima procurou a delegacia local e denunciou o caso. (Foto: Google Street View)
Vítima procurou a delegacia local e denunciou o caso. (Foto: Google Street View)


Homem, de 38 anos, procurou a polícia na tarde de terça-feira (4) para denunciar tentativa de extorsão. O golpista, ainda não identificado, pediu R$ 6 mil para não matá-lo. O caso ocorreu em Porto Murtinho, cidade distante a 431 quilômetros de Campo Grande.

Segundo informações do boletim de ocorrência, a vítima contou que recebeu mensagens pelo aplicativo WhatsApp de número com DDD de Roraima. Em um áudio, o golpista diz que foi contratado por fazendeiro da região para executar o homem.

À vítima, o golpista também contou que houve um desacordo entre ele e o fazendeiro, e que tinha tido um gasto de aproximadamente R$ 20 mil. Para não matar o homem, ele pediu a quantia de R$ 6 mil e disse que relevaria o nome do contratante da execução.

A vítima contou sobre o caso ao patrão e foi orientada a procurar a delegacia. O caso foi registrado como tentativa de extorsão e está sendo investigado pela Delegacia de Polícia Civil de Porto Murtinho.