ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, QUARTA  17    CAMPO GRANDE 26º

Capital

Prada processa empresa da Capital por usar mesmo nome da marca italiana

Alan Diógenes | 10/06/2015 14:39

A empresa italiana de sapatos Prada S.A. entrou com um processo contra outra empresa de Campo Grande, que utiliza o mesmo nome da marca. Analisando o processo, o TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) julgou parcialmente procedente a ação e condenou a Prada Confecções Ltda-Me a pagar R$ 20 mil de indenização por danos morais.

A empresa entrou com a ação alegando que é legítima titular da marca, cujas atividades se iniciaram em 1913, em Milão, tendo efetuado diversos registros da marca no Brasil, o último deles em 15 de dezembro de 2009. Afirmou que seus direitos de propriedade sobre a marca estão sendo violados pelo estabelecimento, empresa constituída em 8 de julho de 2008 e que atua no mesmo ramo comercial. Ressalta ainda que a empresa do bairro Guanandi reproduz a marca de má fé, com o intuito de desviar sua clientela.

A empresa da Capital deixou de apresentar defesa. Assim, em razão da inexistência de contestação, o juiz titular da 15ª Vara Cível de Campo Grande, Flávio Saad Peron, declarou sua revelia, acatando como verdadeiras as alegações da empresa autora.

“No caso em apreço, mostra-se inequívoca a lesão aos direitos inerentes à personalidade da empresa autora, mormente aqueles relativos à sua imagem, bom nome e reputação, pelo fato, incontroverso nos autos em decorrência da revelia da ré, de que o uso indevido da marca acarretou desvalorização de sua imagem, passível de acarretar dano à pessoa jurídica”, explicou o magistrado.

Para fixação do valor da indenização, o juiz considerou que a empresa ré está situada em bairro modesto da cidade e possui pequeno capital social.

Nos siga no Google Notícias