A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

09/02/2011 09:00

Prédio do semiaberto de adolescentes vai virar sede de batalhão da PM

Aline dos Santos e Ítalo Milhomen
Prédio fica na rua 26 de Agosto.(Foto: João Garrigó)Prédio fica na rua 26 de Agosto.(Foto: João Garrigó)

Alugado pela Sejusp (Secretaria de Justiça e Segurança Pública) para funcionar como “semiaberto” de adolescentes, o imóvel na rua 26 de Agosto, em frente ao Mercadão Municipal, em Campo Grande, será transformado na sede do 1º Batalhão da PM (Polícia Militar), que atende as regiões do Centro, Imbirussu e Lagoa.

A mudança de planos para o prédio foi anunciada hoje pelo comandante da PM, coronel Carlos Alberto David dos Santos, e trouxe alívio aos comerciantes. Acompanhado por oficiais do 1º batalhão, o comandante foi ao local para tomar posse. “O prédio é da PM. Dentro de 15 a 20 dias estaremos aqui”, garante.

A instalação do regime semiaberto na rua 26 de Agosto, próximo ao local chamado de Cracolândia devido ao intenso comércio de drogas, foi criticada pelo juiz da 2ª Vara da Infância e Juventude, Danilo Burin, e por comerciantes.

A categoria havia agendado um protesto na manhã desta quarta-feira, mas foi surpreendida pelo anúncio de que o imóvel será batalhão da polícia. Ontem, o governador André Puccinelli (PMDB) determinou a instalação de uma base da PM em frente ao Mercadão.

O comandante da PM afirma que já havia solicitado um espaço na região central. Atualmente, a sede do 1º BPM fica localizada na Vila Sobrinho, próximo à avenida Júlio de Castilho. Por turno, 120 policiais vão ficar na nova sede. “Vamos combater tráfico de drogas e prostituição nas ruas 26 de Agosto, 7 de Setembro e 15 de Novembro”.

Comandante da PM foi a local e anunciou nova sede de batalhão. Comerciantes tinham anunciado protesto para hoje. Comandante da PM foi a local e anunciou nova sede de batalhão. Comerciantes tinham anunciado protesto para hoje.

A mudança na utilização do imóvel foi comemorada pelos comerciantes. “É bem melhor. Aqui não seria o local adequado [para o semiaberto]”, afirma Canuto Barcelos de Souza, de 48 anos, que é dono de uma vidraçaria na rua 7 de Setembro.

“Será muito bom para a região”, salienta Junior Noco, proprietário de uma casa de embalagens na rua 26 de Agosto. “Ficamos sabendo no fim da tarde de ontem. Mas não tínhamos certeza”. Na dúvida, o comerciante, ao lado do deputado estadual Marquinhos Trad (PMDB), distribuía panfletos contra a instalação do semiaberto para adolescentes.

Na semi-liberdade, os adolescentes têm que retornar diariamente e dormir na unidade. O contrato do imóvel vale por um ano, com valor de R$ 30 mil.

O imóvel locado pela Sejusp tem uma ante-sala, quatro salas, sala de jantar, dois quartos, uma suíte, dois banheiros, copa e cozinha, dois depósitos, uma lavanderia e um banheiro.



Não há, em artigo algum no Estatuto da Criança, que esses bandidos tenham que "morar" (que nada mais é que cumprir pena) em área central ou na periferia.

E muito menos cita algum local que as Uneis devem ser instaladas.

Portanto, quanto menos bandidos entre a sociedade, melhor!
 
Eduardo Arcangelo em 10/02/2011 01:24:32
Mais uma vez o Deputado Marquinhos Trad mostra-se ao lado da população ao se mobilizar com os moradores da região central para a não instalação do semiaberto perto do Mercadão Municipal, que é uma região que sofre muito com as drogas e com a prostituição.
 
Dirce Leite em 09/02/2011 11:06:10
Foi louvável a atitude de nosso governador André Puccinelli e o Secretário de Justiça e Segurança Pública em ouvir os apelos dos comerciantes e moradores da região central em não instalar o semiaberto para adolescente na Rua 26 de Agosto. Os moradores da região estavam temerosos com essa possibilidade, pois na região temos o camelódromo, o mercado municipal e os principais pontos de ônibus onde transitam muita gente diariamente. Esse episódio mostra ao nosso governador que antes de tomar decisões é preciso ouvir a população
 
Josue Kazuo Nishimura em 09/02/2011 11:04:26
Parabéns população que UNIDA foi ouvida. Obrigada Governador por ter mudado de opinião.
 
Elisangela Ferreira Dutra em 09/02/2011 10:28:00
È incrivel a falta de respeito com os trabalhadores socioeducativos! A população não entende o que è MEDIDA SÓCIOEDUCATIVA, e ao invés de esclarecer, acham mais facil afastar o problema (os adolescentes). Proibir a área central para moradia desses jovens contraria o estatuto da criança e adolescente. Que entendimento é esse das nossas autoridades a respeito de educação, socioeducação e direitos???
 
Luciene Serpa em 09/02/2011 10:19:52
PARABÉNS AO NOSSO COMANDANTE PELA INICIATIVA E AGILIDADE.... UMA UNIDADE DA PM NA ÁREA CENTRAL É ESTRATÉGICO E APROXIMA A SEGURANÇA PÚBLICA AOS MORADORES E TRABALHADORES DA ÁREA CENTRAL !!!
 
JOSAFA PEREIRA DOMINONI em 09/02/2011 08:44:35
Louvável a preocupação da Srª Luciene, então que ela recolha todos esses aborrescentes contraventores e os leve para a sua residência. Pessoas que pensam assim, geralmente são cercadadas de seguranças e monitoramento, e com certeza não tem comércio. E só frequanta shoppings.
 
Edwardo Borg em 09/02/2011 07:34:42
Por medida de bom senso e economia, de pessoal inclusive, esses "bandidos mirins" bem como o presídio feminino, deveriam era ser instalados em prédio que poderia ser construído ao lado do PT (Presídio de Trânsito). La tem espaço suficiente para construção desse porte. Depois é só erguer muralhas. Penso que a economia seria seria significativa para os cofres públicos. Pena que tem um tal de "Direitos Humanos" e outros mais que atrapalham o bem comum.
 
Fernando silva em 09/02/2011 06:44:24
PARABENS GOVERNADOR, PARABENS JUIZ DANILO BURIN, PARABENS CORONEL CARLOS ALBERTO DAVID DOS SANTOS, PARABENS COMERCIANTES DA REGIÃO, FOI FEITO O CORRETO, CENTRO NÃO É LUGAR DE CENTRO DE RECUPERAÇÃO JUVENIL, INFANTIL OU ADULTO. A SRA. LUCIENE SERPA, QUE SE JULGA ENTENDIDA DO ASSUNTO DEVIA ABRIGAR OS MENORES EM SUA RESIDENCIA, UMA VEZ QUE ELES NÃO OFERECEM RISCO A NIGUEM E COMO ELA É ENTENDIDA ELA PODIA MINISTRAR AS MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS. "O MAIS SÁBIO DOS SERES HUMANOS CALA-SE QUANDO NÃO ENTENDE DO QUE VAI FALAR".
 
MAXIMILIANO NAHAS em 09/02/2011 05:48:55
SE ISSO FOR MEDIDA SOCIOEDUCATIVA, INSTALAR UM SEMIABERTO NA REGIAO DA CRACOLÂNDIA, EU NÃO SEI O QUE É! ALGUÉM ME RESPONDA !!!!!!
 
tatiane silva em 09/02/2011 01:30:43
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions