A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

17/10/2012 18:22

Prefeito confirma fechamento do lixão de Campo Grande até dezembro

Nelson Trad Filho (PMDB) também confirmou a ativação de usina de reciclagem

Nícholas Vasconcelos
Prefeito Nelson Trad Filho visitou ecoponto acompanhado do secretário Marcos Cristaldo. (Foto: Divulgação)Prefeito Nelson Trad Filho visitou ecoponto acompanhado do secretário Marcos Cristaldo. (Foto: Divulgação)

O prefeito Nelson Trad Filho (PMDB) confirmou hoje o fechamento do lixão de Campo Grande até dezembro e ativação da usina de separação do lixo reciclado, que será administrada por uma cooperativa de catadores. Trad Filho visitou hoje o ecoponto instalado no macroanel rodoviário da Capital,

De acordo com a Prefeitura, foram investidos R$ 4,5 milhões na usina que ocupa uma área de cinco hectares, que terá 16 prensas e capacidade para absorver a demanda diária de 30 toneladas de material reciclável.
No local, foi instalado há um mês projeto piloto da Associação dos Trabalhadores Catadores de Lixo que dará origem a uma cooperativa para administrar a usina. A atual usina separadora atende 50 catadores trabalham na separação do material vindo da coleta seletiva de 32 bairros e abrangendo uma região com 100 mil moradores.

O ecoponto recebe seis toneladas de materiais por dia, que são prensadas e comercializadas pelos trabalhadores, sem a intermediação dos atravessadores. Foram construídos banheiros, há um refeitório e um ônibus transporta os trabalhadores de manhã no fim do dia.

Pelo atual formato, é eliminada a figura do atravessador e que pagam R$ 0,45 pelo quilo da garrafa pet, material de maior aceitação e rentabilidade no mercado. Vendendo sem a intermediação dos cerca de 12 atravessadores que atuam no lixão, cada catador recebe R$ 1,50 pelo quilo do pet.

Ainda segundo a Prefeitura, os catadores que estão nesta usina separadora passaram por um curso de capacitação em que apreenderam noções mínimas de segurança do trabalho, além das regras e do sistema de funcionamento de uma cooperativa.  

Outros 30 trabalhadores estão fazendo a capacitação no Centro de Capacitação do Dom Antonio Barbosa e que trabalharão no ecoponto que será instalado no bairro São Conrado.



Se isso acontecer de fato, sera um grande avanço do setor. Ha muito que os "profissionais" catadores de recicláveis esperam por esta intervenção do Poder Público.
 
Fernando Silva em 17/10/2012 21:10:11
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions