A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

28/01/2015 19:28

Prefeito Gilmar Olarte vistoria obras do macroanel rodoviário da Capital

Daniel Machado
Acompanhado do titular da Seintrha, Valtemir de Brito, o prefeito visitou a obra de pavimentação asfáltica do macroanel rodoviário de Campo Grande (Foto: Divulgação)Acompanhado do titular da Seintrha, Valtemir de Brito, o prefeito visitou a obra de pavimentação asfáltica do macroanel rodoviário de Campo Grande (Foto: Divulgação)

Como parte das vistorias das obras que estão em construção na Capital, o prefeito Gilmar Olarte, na tarde desta quarta-feira (28), acompanhado do titular da Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação (Seintrha), Valtemir Alves de Brito visitou a obra de pavimentação asfáltica do macroanel rodoviário de Campo Grande, setor norte, no trecho compreendido entre a saída para Rochedo e Rochedinho.

Esta última etapa do macroanel rodoviário de Campo Grande vai ligar as saídas de Rochedo e Cuiabá. O valor do contrato é de R$ 29,2 milhões, recursos do DNITT (Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte). No trecho serão executados 24,07 km, além de obras de arte, como as pontes sobre os córregos Ceroula e Botas, além de bueiros para a travessia e escoamento de águas pluviais. Já foram executados 51,05% dos serviços, na etapa entre a MS-080 (saída para Rochedo) e MS-010 (ligação para Rochedinho). O trecho entre a MS-010 e a BR-163 depende da desapropriação de 29 áreas particulares.

De acordo com o prefeito Gilmar Olarte, a Prefeitura de Campo Grande está trabalhando com gestão e com a responsabilidade para dar sequência às obras. “Estamos concluindo os processos de desapropriações e dar continuidade aos trabalhos. Se tudo correr bem, até o fim do ano vamos entregar esta obra para a população”, frisou.

Este trecho do macro anel é estratégico, segundo o prefeito Gilmar Olarte, porque cria uma alternativa de acesso, sem passar pelo centro da cidade, ao distrito industrial de Indubrasil para os caminhões que vem pela BR-163 trazendo soja das regiões produtoras de Mato Grosso do Sul (São Gabriel do Oeste, Sonora) e de Mato Grosso.

Outro problema que será solucionado a partir da conclusão da obra será o desvio de caminhões pesados que hoje trafegam pela avenida Mascarenhas de Moraes e degradam a pavimentação, causando uma série de fatores negativos, principalmente os acidentes.

 

Promotoria e prefeitura firmam acordo para recuperar área de preservação
Foi celebrado entre o MPE (Ministério Público Estadual) e a prefeitura de Campo Grande acordo para recomposição da vegetação nativa da área de preser...
Concurso recebe inscrições para 83 vagas técnico-administrativas
Seguem abertas as inscrições para o concurso que oferece 83 vagas para técnico-administrativos em Educação na UFMS (Universidade Federal de Mato Gros...
Vice-governadora visita projeto em que detentos reformam escolas
O projeto "Pintando e Revitalizando a Educação com Liberdade", desenvolvido pelo Poder Judiciário estadual, foi conhecido e elogiado na sexta-feira (...
Crianças do Vespasiano Martins recebem Papai Noel e ganham presentes
As crianças do loteamento Vespasiano Martins, na periferia de Campo Grande, receberam a visita especial do Papai Noel neste sábado (16). Foram distri...


Na época do Bernal essa obra ficou parada, tomara que fique pronta em 2015,
Se o Giroto tivesse sido eleito esta obra já estaria pronta.
 
wild em 28/01/2015 22:41:42
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions