A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

17/10/2014 13:11

Prefeito visita obras em "bairros esquecidos" e reparos emergenciais

Filipe Prado e Kleber Clajus
O prefeito Olarte e Kátia Castilho visitaram obras emergenciais da Capital (Foto: Kleber Clajus)O prefeito Olarte e Kátia Castilho visitaram obras emergenciais da Capital (Foto: Kleber Clajus)

O prefeito Gilmar Olarte (PP), junto com a titular da Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação, Kátia Castilho, realizou vistorias, na manhã de hoje (17), em obras emergenciais e de pavimentação em vários pontos de Campo Grande. Olarte prometeu a conclusão de alguns pontos destruídos pelas chuvas e enxurradas do mês passado para a próxima semana.

No trecho da Avenida Interlagos, que cedeu por conta das enxurradas, foram R$ 160 mil investidos, sendo que foi usado uma estrutura que permite a circulação de água na margem, já que no local há uma mina, que foi responsável para encharcar o solo e danificar as placas de concreto.

As obras de retenção de água no Jardim Ouro Verde, trecho que liga a Avenida Ernesto Geisel, também foram visitadas pelo prefeito. No local foram investidos R$ 100 mil e a conclusão está prevista para daqui há duas semanas.

De acordo com o prefeito, a partir do dia 3 de novembro será aberto um processo de licitação, de R$ 67 milhões, para a revitalização e qualificação das margens do Rio Anhanduí, na Ernesto Geisel, entre o viaduto da Avenida Salgado Filho a o Parque Airton Senna.

As obras serão divididas em seis lotes, sendo que quatro devem iniciar no começo de 2015.

Esquecidos - No Bairro Polonês, as obras do PAC II (Plano de Aceleração do Crescimento), com investimento de R$ 1,9 milhões, também receberam a vistoria. Conforme Olarte, serão colocadas pavimentação, drenagem e calçadas, sendo que 70% das obras foram concluídas e o restante somente em fevereiro de 2015.

A etapa D, na Mata do Jacinto, foram orçadas em R$ 35,3 milhões (Foto: Kleber Clajus)A etapa "D", na Mata do Jacinto, foram orçadas em R$ 35,3 milhões (Foto: Kleber Clajus)

O churrasqueiro Valdeci Mariano, 49 anos, garantiu que as obras serão positivas para o bairro, já que era uma “região abandonada”. Ele admitiu que as obras tem causado transtornos, porém irão valorizar a região.

“Eu sei que causam transtornos, mas são uma melhoria que pode inclusive refletir na valorização do imóvel, que foi adquirido por R$ 80 mil”, alegou.

O prefeito finalizou as visitas no Bairro Mata do Jacinto, onde as etapas A e D já estão 30% concluídas. Na primeira etapa foram investidos R$ 9 milhões em 35 mil m² de asfalto, além de instalar bloqueadores, para garantir o serviço de drenagem da via.

A etapa D foi orçada em R$ 35,3 milhões e incluirá 59 ruas, com 177 mil m² de asfalto. Esta será a maior etapa da obra, que ainda inclui 16 quilômetros de drenagem. A conclusão das duas etapas estão previstas para serem concluídas em 12 meses.

Para o próximo ano, Olarte revelou que mais 17 bairros serão atendidos pelo PAC II.

“São intervenções em bairros esquecidos, que com recurso do governo federal estão recebendo toda a infraestrutura, inclusive de acessibilidade, sinalização e iluminação”, assegurou Olarte.

O prefeito afirmou que 30% das obras na Mato do Jacinto foram concluídas (Foto: Kleber Clajus)O prefeito afirmou que 30% das obras na Mato do Jacinto foram concluídas (Foto: Kleber Clajus)
R$ 67 milhões serão investidos na Ernesto Geisel para revitalização e qualificação das margens do córrego (Foto: Kleber Clajus)R$ 67 milhões serão investidos na Ernesto Geisel para revitalização e qualificação das margens do córrego (Foto: Kleber Clajus)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions