A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 18 de Setembro de 2018

19/03/2018 12:01

Prefeitura cria rede de atendimento 4 meses após passar a gerir Casa da Mulher

Anahi Zurutuza
Casa de Mulher Brasileira em Campo Grande (Foto: Marcelo Calazans/Arquivo)Casa de Mulher Brasileira em Campo Grande (Foto: Marcelo Calazans/Arquivo)

Depois de assumir a administração da Casa de Mulher Brasileira em novembro do ano passado, a Prefeitura de Campo Grande criou a Rede Municipal de Atendimento à Mulher Vítima em Situação de Violência.

Conforme o decreto nº 13.459, assinado pelo prefeito Marquinhos Trad (PSD) e publicado no Diário Oficial do município desta segunda-feira (19), a Subsecretaria de Políticas para a Mulher de Campo Grande ficará responsável pela articulação desta rede.

Fazem parte do programa de atendimento também a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública); a Sesdes (Secretaria Especial de Segurança e Defesa Social), por meio da Divisão de Patrulha Maria da Penha; a SAS (Secretaria Municipal de Assistência Social); a Funsat (Fundação Social do Trabalho de Campo Grande) e o Conselho Municipal de Direitos da Mulher.

A rede é responsável por viabilizar ações e serviços para atender mulheres vítimas de violência de maneira humanizada, além de identificar casos, dar encaminhamento e notificá-los.

Também têm como atribuição articular programas de habitação social, capacitação profissional e inserção no mercado de trabalho.

Gestão – A Prefeitura de Campo Grande assumiu a gestão da Casa da Mulher Brasileira, antes coordenada pelo Governo Federal, no dia 27 de novembro. O local funciona desde 2015.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions