A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

11/11/2013 15:05

Prefeitura diz que servidores vão ficar sem cartão até fechar novo contrato

Lidiane Kober

Via assessoria de imprensa, a Prefeitura de Campo Grande informou, nesta segunda-feira (11), que os quatro mil servidores vão ficar sem cartão de adiantamento salarial para fazer compras até ser fechado novo contrato.

“A Prefeitura de Campo Grande, por meio da Semad – Secretaria Municipal de Administração - informa que o contrato com a Brasil Card e com o BMG encerrou e em razão disso estão sendo analisadas novas propostas, de forma a ampliar os benefícios aos servidores”, comunicaram.

A reportagem questionou sobre a necessidade de seguir trâmites burocráticos, como licitação, e sobre a possibilidade de o servidor ficar meses sem o cartão, mas a prefeitura não deu mais detalhes do caso.

Segundo presidente do Sisem (Sindicato dos Servidores Municipais), Marcos Tabosa, o contrato com a Brasil Card venceu realmente neste mês. “Tudo bem cortar se achar uma parceria melhor, mas que fizesse uma licitação e fechasse o contrato antes de deixar os servidores na mão”, avaliou.

Ainda de acordo com Tabosa, o cartão Brasil Card não é de crédito e não cobra juros. “É um adiantamento salarial e exige uma taxa de R$ 4,30 ou R$ 4,50”, informou. O convênio possibilita realizar compras em mais de 700 lojas conveniadas. Cada servidor, pode usar até 30% do salário por meio do cartão. Os gastos são descontados na próxima folha de pagamento e a parceria existe desde 2007.

 



Absurdo, bagunçar a vida dos servidores bloqueando cartão BRASILCARD e ainda sem nenhuma satisfação e sem aviso prévio, o que demonstra uma grande falta de respeito e consideração com os servidores. Tem servidores ligando para meu telefone perguntando se sei o que está acontecendo pois estão tendo que tirar gasolina do tanque pois não passou o cartão no posto, gente devolvendo compras do mês e passando o maior constrangimento, pois como tinha credito foi usar para comprar ALIMENTO. Lógico, quem tem cartão cartão de credito OURO no bolso quer que se dane quem tem um simples Brasilcard. Sabe quantos dependem desse cartão para sobreviver (alimento, gasolina, farmácia, outros) mais de 30 mil servidores, ou melhor, para falar na linguagem dos político mais de 30 mil eleitores.
 
Marly Fernandes Arias em 11/11/2013 21:17:41
Então os servidores vão ficar meses ou não terão mais o cartão...pois até agora esse prefeitinho mostrou que só tem papo...
 
Ricardo Sadyama em 11/11/2013 16:47:53
nao e correto isto e inadimissivel, todos os servidores estão mais que compromissados com estes cartoes, se tinham a intenção de cancelar antes o tivessem feitos outros contratos, e nao feito desta amneira. nao e governo como se diz no eslogam da gestão atual. so resta indignação e lamentar mais um tiro no pe deste cidadadão.
 
altair gonçalves em 11/11/2013 15:56:18
vocês sabem o que vem a cada negociação com os bancos, onde pagar o salarios, emprestimos sempre ganham algo ...ja vi esse filme antes ... todos fazem isso .... é uma pena que nós é quem pagamos o pato
 
matheus galvão em 11/11/2013 15:32:24
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions