A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

06/03/2018 19:15

Prefeitura faz balanço de ações do FAC e busca financiadores para projetos

Intenção é estabelecer parcerias público-privadas que garantam manutenção e melhorias em serviços prestados no setor de assistência social

Humberto Marques e Kleber Clajus
Tatiana Trad e Adriane Lopes apresentaram balanço do FAC e projetos a serem realizados neste ano. (Fotos: Paulo Francis)Tatiana Trad e Adriane Lopes apresentaram balanço do FAC e projetos a serem realizados neste ano. (Fotos: Paulo Francis)

A Prefeitura de Campo Grande apresentou no início da noite desta terça-feira (6) um balanço das ações do FAC (Fundo de Amparo à Comunidade) em 2017, além de apresentar um calendário de atividades para este ano. As propostas para 2018 incluem esforços visando a captação de apoios a diferentes projetos da administração da Capital, incluindo do financiamento de projetos a contribuições para instituições como creches.

A ideia com o evento, realizado na Esplanada Ferroviária, foi de garantir a retomada de projetos iniciados no ano passado. Além disso, espera-se, por meio de PPPs (parcerias público-privadas), ampliar o alcance das ações sociais que beneficiaram 16 mil pessoas no ano passado.

A primeira-dama e presidente de honra do FAC, Tatiana Trad, listou entre as diferentes ações oficinas para confecção de ovos de Páscoa, técnicas de vendas, feijoadas beneficentes e o Bazar do Bem. Além disso, destacou o projeto “Adote um Ceinf” (pelo qual é possível doar de colchões a parquinhos), no qual se deseja uma maior participação da iniciativa privada; bem como o Horta Comunitária e a Escola Pública de Ballet.

“Este é um momento de fazer uma retrospectiva e de lançar novidades, reafirmando os projetos em andamento”, afirmou Tatiana. A vice-prefeita Adriane Lopes (Patriota), por sua vez, ressaltou que o evento serve “para mostrar a força das mulheres em um trabalho em conjunto pela sociedade”. O foco de ambas, destacou ela, é o fortalecimento de projetos.

Carla Stephanini anunciou mapeamento das mulheres vítimas de violência na CapitalCarla Stephanini anunciou mapeamento das mulheres vítimas de violência na Capital

“Essas duas trabalham bem quietinhas, da mesma maneira que se faz quando se age com o coração”, declarou o prefeito Marquinhos Trad (PSD), também presente ao ato.

Dia da Mulher – O evento também serviu para apresentação de eventos da prefeitura alusivos ao Dia Internacional da Mulher, comemorado em 8 de março. Na sexta-feira (9), na Praça do Rádio, acontece o show “Canto às Mulheres”, que terá a presença das Irmãs Galvão, Juci Ibañez, Paula Matos e o grupo Sampri. As atividades são realizadas em parceria entre a Subsecretaria da Mulher e a Sectur (Secretaria Municipal de Cultura e Turismo).

Titular da subsecretaria, Carla Stephanini destacou que a Casa da Mulher Brasileira –estrutura que funciona graças a parceria entre município, Estado e União, focada no suporte às mulheres vítimas de violência– realizou em seus três anos de vida mais de 170 mil atendimentos.

Ela também antecipou que, ainda neste mês, deve ser iniciado um mapeamento do perfil das mulheres vítimas de violência na cidade. “Nosso objetivo é justamente aprofundar a análise dos números gerados pelos atendimentos”, destacou ela, reforçando que, no total, 34 mil mulheres buscaram suporte na estrutura –recebendo mais de um atendimento em diferentes áreas.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions