A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 16 de Janeiro de 2018

18/09/2016 14:31

Prefeitura ignora TCE e continua troca de lâmpadas nos bairros e centro

Leonardo Rocha
Equipe realiza troca de lâmpadas na Avenida Afonso, no final da manhã na Capital (Foto: Leonardo Rocha)Equipe realiza troca de lâmpadas na Avenida Afonso, no final da manhã na Capital (Foto: Leonardo Rocha)
Equipe realiza troca de lâmpadas na Avenida Zarahn desde cedo neste domingo (Foto: Leonardo Rocha)Equipe realiza troca de lâmpadas na Avenida Zarahn desde cedo neste domingo (Foto: Leonardo Rocha)
Equipe começou cedo os trabalhos na área central da cidade (Foto: Leonardo Rocha)Equipe começou cedo os trabalhos na área central da cidade (Foto: Leonardo Rocha)

A Prefeitura de Campo Grande ignorou a recomendação do TCE (Tribunal de Contas Estadual) que pediu a suspensão da instalação de lâmpadas de LED em Campo Grande, por indícios de irregularidades na contratação dos serviços. Os trabalhos continuaram normalmente neste domingo (18), tanto nos bairros, como nas Avenidas Afonso Pena e Elias Zahran.

A contratação da empresa Solar, pelo valor de R$ 33,8 milhões, para troca de 30 mil lâmpadas em Campo Grande, foi questionada pelo Tribunal, que alegou que este serviço não se trata apenas de uma simples reposição de lâmpadas e sim uma alteração no sistema de "rede de iluminação", portanto não podendo "pegar carona" em licitação alheia, da Associação dos Municípios da Bacia do Médio São Francisco.

Para evitar possíveis prejuízos aos cofres públicos, o TCE pediu o cancelamento de toda a instalação até que seja analisado o caso em detalhes, já que pode gerar "desperdício" de recursos. Tudo o que foi feito até agora, pode ir para o ralo, caso seja comprovada a ilegalidade. Por isso, a gestão municipal foi orientada a não dar continuidade ao processo. Entretanto, além de equipes em bairros, como no Aero Rancho, o serviço de troca continua na área central da cidade.

O secretário municipal de Obras, Amilton Cândido, explicou que a prefeitura vai entregar até terça-feira (20), a sua defesa para o Tribunal de Contas, detalhando porque foi escolhida a empresa e como será feito o serviço. "Na nossa concepção se trata de um trabalho simples, por isso fizemos a adesão em ata para escolha da empresa".

Amilton alega que esta substituição da antigas lâmpadas, pelo modelo de LED, vai trazer economia tanto no consumo de energia, como na manutenção. "Escolhemos a empresa de fora do Estado, porque em comparação com as daqui, vai nos trazer uma economia de R$ 12 milhões, em função da diferença no preço".

Desde o começo da semana os trabalhos de troca das lâmpadas já estavam sendo feitos nos bairros e principais vias públicas da cidade, como Avenidas Afonso Pena, Elias Zarahn e Bom Pastor, e continuaram com os serviços normais neste domingo (18), desde às 8h da manhã.



A cidade está um breu, principalmente na área central. Irregularidades devem ser investigadas, mas esse TCE mais atrapalha do que ajuda.
 
Áttila Teixeira Gomes em 19/09/2016 09:10:45
É isso ai. O prefeito está corretíssimo.
O TCE é um órgão inútil, sem nenhuma utilidade para a sociedade. É um depósito de políticos falidos encastelados nesse órgão para praticar politicagem.
A prefeitura tem que continuar o trabalho e contestar a decisão desse antro.
Presto um esclarecimento. Não sou fã nem eleitor do Bernal.
 
Critico em 18/09/2016 19:26:28
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions