A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

24/03/2015 19:31

Prefeitura inicia construção de salas modulares em 17 escolas municipais

Alan Diógenes
Segundo a Seintrha a previsão é de que as salas sejam concluídas em maio deste ano. (Foto:Gerson Walber)Segundo a Seintrha a previsão é de que as salas sejam concluídas em maio deste ano. (Foto:Gerson Walber)

A Prefeitura de Campo Grande deu início à construção de 60 salas modulares em 17 escolas da Capital e um Centro de Educação Infantil. Conforme a Seintrha (Secretaria de Infraestrutura, Habitação e Transporte), a previsão é que o serviço seja concluído em maio já que o tempo médio de duração das construções é de dois meses.

As salas, de 30 metros quadrados, estão orçadas em R$ 7 mil, o que exigiu investimento total de R$ 420 mil. A implantação dos espaços vai abrir 3.600 novas vagas nas regiões da cidade onde cresceu a demanda escolar em razão da entrega de novos conjuntos habitacionais. Nos últimos dois anos, a população destes bairros teve incremento de 20 mil habitantes, com a construção de 5.206 novas moradias.

Segundo o prefeito Gilmar Olarte foi necessário buscar esta solução emergencial para resolver um problema gerado pela falta de planejamento no passado. Só na região do Jardim Carioca/Nova Campo Grande, a inauguração do Residencial Nelson Trad, com 1.624 apartamentos, pressionou a oferta de vagas na Escola Professora Fauze Scaff Gattas Filho e no Centro de Educação Infantil do Jardim Carioca.

Na Fauze Gattas, por exemplo, onde já foi feito o contrapiso das cinco salas de aula planejadas para a escola, a inauguração do residencial elevou de 960 para 1.170 o número de alunos. Estes110 novos estudantes estão acomodados na biblioteca, sala de recursos e nos laboratórios. Quem não conseguiu vaga está matriculado na Escola Sebastião Lima, que fica no Serradinho, bairro vizinho.

A mesma solução foi encontrada na Escola Maria Lucia Passarelli, que fica no Jardim Centenário. A escola tem 20 salas de aula, com 1.500 alunos. A biblioteca e as salas de laboratório foram reservados para as crianças da pré-escola. Na região houve a entrega de 192 casas, daí ter surgido a necessidade da construção de três salas modulares. No entorno do Residencial Oliveira a entrega de 272 casas gerou a necessidade da construção de mais quatro salas na Escola José de Souza, que já tem 48 turmas. As novas salas serão reservadas às crianças da pré-escola que estão na lista de espera.

Com forte dores, mulher reclama de falta de atendimento em UPA
Mesmo apresentando fortes dores e inchaço na região do estômago, sem conseguir comer a três dias, uma mulher que procurou atendimento na UPA (Unidade...
Problema rotineiro, chuva causa alagamentos no bairro Cidade Morena
A chuva que atingiu Campo Grande no fim da tarde deste domingo (17) causou vários problemas à população, desde alagamentos a problemas estruturais em...
Mulher é atropelada pelo ex-marido e está em estado grave na Santa Casa
Uma mulher de 33 anos foi atropelada pelo ex-marido e está internada em estado grave na Santa Casa de Campo Grande, sedada e entubada na CTI (Centro ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions