A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 22 de Agosto de 2019

04/06/2019 15:04

Prefeitura já concluiu 60% das obras na região do Córrego Anhanduí

A primeira etapa, que compreende as Ruas Santa Adélia e da Abolição, deve ser entregue neste ano

Mayara Bueno
Estrutura, à esquerda, para proteger as margens do rio. (Foto: David Majella/Governo do Estado).Estrutura, à esquerda, para proteger as margens do rio. (Foto: David Majella/Governo do Estado).

A obra do Rio Anhanduí, na Avenida Ernesto Geisel, em Campo Grande, está 60% pronta, segundo a Prefeitura de Campo Grande. A primeira etapa, que compreende as Ruas Santa Adélia e da Abolição, deve ser entregue neste ano. As outras duas em 2020. A estimativa é que, em 60 dias, seja liberada a pista centro/bairro da Ernesto Geisel entre as Ruas Abolição e do Aquário.

A intervenção começou há um ano. Foram colocados paredões de até nove metros de altura, que protegem as margens da erosão e evitam o transbordamento do rio. Os dois trechos da Avenida Ernesto Geisel receberão urbanização, com ciclovia e recapeamento das pistas marginais. 

Orçada em quase R$ 49 milhões, a obra de revitalização do Rio Anhanduí começou em abril de 2018 e faz parte de um conjunto de ações nos Bairros Marcos Roberto, Jockey Clube, Jardim Paulista e Vila Progresso.

Estão previstas intervenções para recompor as margens do rio, com trechos em gabião e outras de placas de concreto; urbanização; abertura de uma ciclovia paralela ao canal; bocas de lobo das ruas para captar a enxurrada que desce das ruas laterais e recapeamento das duas pistas da Avenida Ernesto Geisel, em uma extensão de 4,8 quilômetros.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions