A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

24/04/2014 10:03

Prefeitura não renova contrato e crianças podem ficar sem creche

Filipe Prado e Edivaldo Bitencourt
As funcionárias podem entrar em greve, caso não recebam salário (Foto: Pedro Peralta)As funcionárias podem entrar em greve, caso não recebam salário (Foto: Pedro Peralta)

A Prefeitura de Campo Grande não renovou o contrato e a falta de pagamento dos salários pode deixar 71 crianças sem atendimento no Ceinf (Centro de Educação Infantil) Lar do Menino do Jesus, na Vila Marli. Eles ameaçam suspender o atendimento.

De acordo com uma funcionária, que não se identificou, o Senalba (Sindicato dos Empregados em Entidades Culturais, Recreativas, de Assistência Social, de Orientação e Formação Profissional), está tramitando com a prefeitura para tentar uma renovação de contrato, mas o resultado sairá somente hoje (23). “Nós saberemos se entraremos em greve ou receberemos nossos salários”. Cerca de 600 crianças podem ser prejudicadas com o atraso na renovação no convênio.

O Ceinf é administrado por uma ONG (Organização Não-Governamental), que firmou um convênio com a prefeitura, porém não foi renovado após a troca de prefeito. Segundo uma mãe, que não quis se identificar, a creche pode chegar a fechar se continuar sem pagamentos.

“É desumano, injusto”, comentou. Ela explicou que o Ceinf é sustentado por doações e os pais pagam uma ajuda de custo de R$ 20 para que as crianças possam continuar na creche.

A funcionária afirmou que ainda não sabe o que irá acontecer com a creche, caso não renovem o contrato com a ONG. "Não sabemos o que irá acontecer, temos que aguardar e ver o que o sindicato irá propor para fazermos", finalizou a funcionária.

A Prefeitura foi procurada para falar sobre o problema, mas a assessoria de imprensa prometeu retorno só após analisar o pedido de informações por e-mail. 

Prefeitura e Sebrae fazem estudo em lojas para revitalizar rua 14 de Julho
A prefeitura de Campo Grande a o Sebrae de Mato Grosso do Sul estão realizando na rua 14 de Julho, Centro da cidade, um estudo técnico em 230 lojas, ...
Mau atendimento e buracos em pista atrapalham alunos em prova do Detran
O mau atendimento prestado por alguns dos examinadores e buracos presentes na pista de provas do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato...


Antes a culpa era do Bernal, e agora? De quem é a culpa?
Nossos impostos estão pagos, onde foi para nosso dinheiro?
 
Laura Vicente em 24/04/2014 15:39:22
É um absurdo! Sou mãe de uma aluna, e essas mulheres guerreiras estão de parabéns, que mesmo com esses problemas, continuam cuidando tão bem das nossas crianças. Essa prefeitura está uma vergonha.
 
Amanda Montagneri em 24/04/2014 10:28:01
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions