ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  02    CAMPO GRANDE 15º

Capital

Prefeitura promete reparo no asfalto onde moradores sinalizaram buracos

Obstáculos serão avaliados e incluidos na programação de serviços, segundo prefeitura

Por Mirian Machado | 18/02/2021 12:40
Buraco na Vila Piratininga sendo reparado no fim desta manhã (PMCG)
Buraco na Vila Piratininga sendo reparado no fim desta manhã (PMCG)

Os buracos que foram sinalizados pela própria população para evitar acidentes no Jardim Paulista e na Vila Piratininga em Campo Grande, serão tapados, segundo a prefeitura de Campo Grande.

Buraco na Rua Estevão Alves Ribeiro foi sinalizado por moradores para evitar acidentes de veículos e pedestres (Foto: Bruna Marques)
Buraco na Rua Estevão Alves Ribeiro foi sinalizado por moradores para evitar acidentes de veículos e pedestres (Foto: Bruna Marques)

Conforme informado, no Jardim Paulista será iniciada a programação de tapa-buraco para solucionar o problema.

Em relação ao obstáculo na Rua Estevão Alves Ribeiro na Vila Piratininga, equipe da Sisep (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos) deve ir ao local avaliação a situação e incluir o remendo na programação de serviço.

Na Vila Piratininga, moradores utilizaram pneu e pedaço de madeira com sacos plásticos para sinalizar que ali existe um buraco. Nesta manhã o local inclusive estava com água parada da chuva. João Batista Pinheiro de Sousa, de 55 anos, reside na esquina da rua onde fica o buraco, para ele o maior problema é falta de qualidade no serviço de tapa-buracos realizado no local.

"Esse buraco sempre é fechado, mas em pouco tempo abre de novo, é como se nunca tivesse sido fechado. Tem que ser feito um bom trabalho ali, a rua não é muito movimentada, só passa o caminhão de lixo, não tem motivo pra ele sempre abrir assim", disse João.

No bairro vizinho, no Jardim Paulista, a cratera é causada pela falta da tampa de um bueiro no meio da Rua Paulo Freire. Hoje, havia além de placa da Agetran  (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) colocada pela manhã e um caixote de madeira.

Carlos Antonio Gonçalves, de 61 anos, dono de empresa bem em frente ao bueiro foi quem fez a primeira sinalização. O problema, segundo ele, é comum e sempre se repete, mesmo com a prefeitura arrumando a tampa.

"Já consertaram várias vezes, mas sempre volta a acontecer. Tem cerca de três dias que tá assim, a tampa sai com a chuva. Eles vem aqui, colam a tampa com cimento, mas se passar um carro mais pesado ou chover forte, a tampa sai e o bueiro volta a ficar aberto", comentou o empresário.

Buraco na Rua Paulo Freire esquina com Avenida Salgado Filho foi sinalizada com caixote e em seguida com placa da Agetran (Foto: Marcos Maluf)
Buraco na Rua Paulo Freire esquina com Avenida Salgado Filho foi sinalizada com caixote e em seguida com placa da Agetran (Foto: Marcos Maluf)


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário