ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MARÇO, SÁBADO  02    CAMPO GRANDE 25º

Capital

Prefeitura publica contratos para compra de materiais de higiene para escolas

Contratos foram assinados dia 3 de março e ambos têm vigência de seis meses

Ana Paula Chuva | 08/03/2021 14:01
Aluna da rede municipal de Ensino antes da pandemia. (Foto: Henrique Kawaminami | Arquivo)
Aluna da rede municipal de Ensino antes da pandemia. (Foto: Henrique Kawaminami | Arquivo)

A prefeitura de Campo Grande publicou no Diogrande desta segunda-feira (8), dois contratos para compra de materiais de higiene para as escolas da Reme (Rede Municipal de Ensino) da Capital. O valor total é de R$ 2.876.008,96 para aquisição de termômetros, luvas, sabonetes, álcool 70% gel e liquido para viabilizar o combate à pandemia de coronavírus, mesmo sem previsão de volta às aulas presenciais.

São dois contratos firmados neste mês de março com duas empresas, a Guariã Comércio e Representação de Produtos Hospitalares Eireli receberá R$ 1.646.815 por 63.400 caixas com 100 luvas descartáveis cada.

Já a empresa Star Medical Comércio de Produtos Hospitalares Ltda receberá R$ 1.229.193,96 pelo fornecimento de 428 termômetros digitais infravermelhos, 40,4 mil galões de 5 litros de álcool gel 70% , 80,8 mil galões de 5 litros de álcool hidratado liquido 70% e 6.099 galões de 5 litros de sabonete liquido.

Ambos os contratos foram assinados dia 3 de março de 2021 e têm vigência de seis meses.

Volta às aulas - Decreto publicado em fevereiro pela prefeitura prorrogou a suspensão das aulas presenciais na Reme até dia 1º de julho de 2021. No entanto, a titular da Semed (Secretaria Municipal de Educação), Elza Fernandes, disse no dia 9 de fevereiro que a pasta trabalha para antecipar a data.

O decreto foi publicado com esse prazo para que não fosse republicado várias vezes. Nossa intenção é retornar antes de julho, mas que isso seja feito com segurança", disse durante audiência na Câmara Municipal.

Nos siga no Google Notícias