A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

13/09/2013 22:51

Prefeitura rebate denúncia e garante cardápio com carne em Ceinf

Vinícius Squinelo

A Prefeitura de Campo Grande rebateu denúncias e garantiu que as crianças de “todos os Ceinfs (Centros de Educação Infantil)” da cidade tiveram no cardápio carne e salada.

Após a polêmica de “carne moída com sebo” e “mau cheiro” em duas creches, crianças estão comendo apenas “arroz e feijão” no Ceinf (Centro de Educação Infantil) Regina Vitorzo Seben, no Conjunto Oscar Salazar, na saída para Cuiabá, em Campo Grande, segundo denúncia divulgada pelo Campo Grande News.

“O cardápio definido pela nutricionista responsável foi servido normalmente em todos os Centros de Educação Infantil do município, tanto durante o período matutino, quanto no vespertino desta sexta-feira (13). Ao contrário do que foi divulgado pela mídia, as crianças puderam saborear a comida que pela manhã continha arroz, feijão, farofa e carne, além de salada”, afirma a Prefeitura, em nota oficial.

Via assessoria de imprensa, a diretora do Ceinf Regina Vitorazzi Sebben, Gleiciane Coimbra Barreiros, afirmou acreditar acredita que a pessoa responsável pela falsa denúncia e que não quis se identificar agiu de má fé.

Uma das mães de crianças do Ceinf, Erilene Medeiros da Silva, também foi ouvida e garantiu não ter conhecimento da falta de cardápio “cheio”.

Porém, a Secretaria Municipal de Políticas e Ações Sociais e Cidadania afirmou abrirá sindicância para que a denúncia seja apurada e tomadas as medidas cabíveis.

Denúncias - De acordo com a denúncia feita por um funcionário da instituição, as verdura e hortaliças entregues na segunda-feira são suficientes apenas até quinta-feira. Já a carne entregue nesta semana acabou ontem.

Nesta sexta-feira, as crianças receberam apenas arroz e feijão, conforme foto tirada por um telefone celular e encaminhada ao Campo Grande News. Conforme funcionários da unidade, o estabelecimento ficou sem feijão hoje. E, como a Salute não entregou a carne nesta sexta-feira, as crianças só vão comer arroz no almoço de segunda-feira.

A polêmica da carne estragada começou na semana passada e até já derrubou o chefe do setor de merenda da Semed (Secretaria Municipal de Educação). O prefeito Alcides Bernal (PP) determinou a abertura de sindicância para apurar o fato e ainda prometeu punir os responsáveis. Ele chegou a anunciar que poderá punir as merendeiras por terem colocado carne estragada na panela.

A assessoria da Salute foi procurada e prometeu dar retorno sobre o problema.

Problema rotineiro, chuva causa alagamentos no bairro Cidade Morena
A chuva que atingiu Campo Grande no fim da tarde deste domingo (17) causou vários problemas à população, desde alagamentos a problemas estruturais em...
Mulher é atropelada pelo ex-marido e está em estado grave na Santa Casa
Uma mulher de 33 anos foi atropelada pelo ex-marido e está internada em estado grave na Santa Casa de Campo Grande, sedada e entubada na CTI (Centro ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions