A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Outubro de 2019

04/06/2019 10:27

Prefeitura vai investir R$ 20,4 milhões em kits escolares até 2021

Materiais serão divididos em quatro grupos para atender alunos da educação infantil ao ensino profissional

Jones Mário
Kits escolares para 2020 e 2021 podem custar até R$ 20,4 milhões aos cofres da prefeitura (Foto: Denilson Secreta/PMCG)Kits escolares para 2020 e 2021 podem custar até R$ 20,4 milhões aos cofres da prefeitura (Foto: Denilson Secreta/PMCG)

A prefeitura de Campo Grande abriu licitação para compra de kits escolares aos alunos da Reme (Rede Municipal de Ensino), garantindo recursos para os próximos dois anos. Conforme o edital, o Executivo pode investir até R$ 20.435.072,00 para adquirir os conjuntos.

A licitação prevê atender 130.300 alunos no próximo ano e 131.700 em 2021. Os kits estão divididos em quatro grupos, cada um com materiais distintos: educação infantil; séries iniciais do 1º ao 5º ano; séries finais do 6º ao 9º ano; e ensino médio, EJA e educação profissional.

Os alunos da educação infantil receberão agenda escolar, apontador com reservatório, borracha macia, caderno de desenho, caixa de cola colorida, caixa de giz de cera, caixa de lápis de cor, caixa de massa de modelar, caixa de tinta guache, lápis grafite, tesoura escolar sem ponta e tubo de cola.

Os estudantes das séries iniciais terão direito a um kit com apontador com reservatório, borracha macia, caderno brochura universitário, caderno brochura de ¼, caderno de desenho, caixa de giz de cera, caixa de lápis de cor, lápis grafite, régua plástica 30 cm, tesoura escolar sem ponta e tubo de cola.

Os matriculados nas séries finais vão ganhar apontador com reservatório, borracha macia, caderno de desenho, caderno universitário capa dura 10 matérias, caixa de lápis de cor, caneta esferográfica azul, caneta esferográfica vermelha, conjunto de desenho com régua de 30cm, esquadro 45°, esquadro 60° e transferidor 180°, lápis grafite, tesoura escolar sem ponta e tubo de cola.

Já os alunos de ensino médio, EJA e educação profissional vão receber apontador com reservatório, borracha macia, caderno de desenho, caderno universitário capa dura 10 matérias, caixa de lápis de cor, caneta esferográfica azul, caneta esferográfica vermelha, lápis grafite e régua de 30 cm.

O edital projeta lotes reservados com cotas de 25% para participação de microempresas, empresas de pequeno porte e microempreendedores individuais. Os outros 75% estão disponíveis para ampla concorrência.

A licitação será na modalidade pregão eletrônico a fim de formar ata de registro de preços. Os valores da ata ficarão válidos por 12 meses e as compras deverão ser feitas dentro do prazo de vigência, conforme necessidade. A disputa de preços está marcada para 9h do próximo dia 18 de junho.

Ainda de acordo com edital, os recursos para compra dos materiais serão de responsabilidade da Semed (Secretaria Municipal de Educação).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions