A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

09/09/2013 09:10

Prefeitura vê incêndio criminoso em parque e reclama da Polícia Civil

Leonardo Rocha e Lidiane Kober
Semadur espera que polícia civil vá até o local fazer a perícia (Foto: Cleber Gellio)Semadur espera que polícia civil vá até o local fazer a perícia (Foto: Cleber Gellio)

A prefeitura de Campo Grande suspeita que o incêndio que destruiu cinco hectares do Parque Ecológico do Anhanduí, na quarta-feira, tenha sido “criminoso”. De acordo com Raimundo Moreira Araujo, diretor de sustentabilidade da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano), já foi feito um boletim de ocorrência, no entanto até hoje a Polícia Civil não foi ao local fazer a perícia.

“Não descartamos nenhuma possibilidade, mas existem indícios de incêndio criminoso, porém o tempo está passando e a polícia (civil) não aparece, nós tememos que os vestígios se percam já que se passou vários dias”, destacou Moreira.

Incêndio – No dia 19 de agosto um incêndio destruiu mil metros quadrados dos 17 hectares do Parque Ecológico Anhanduí. Este incidente revoltou os moradores do bairro Guanandi II e dos gestores da reserva ecológica. De acordo com os vizinhos, por volta das 15h30 começou o incêndio, eles lembram que antes um morador colocou fogo em galhos de uma árvore.

No dia 28 de agosto a situação voltou a se repetir e o incêndio só foi notado pelos guardas municipais por volta das 14h e só foi controlado às 18h30. Esta situação frequente choca os moradores, pois apesar de ser um parque ecológico, estes eventos continuam a acontecer regularmente.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions