A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

20/04/2012 08:50

Presa quadrilha de estelionatários que aplicou R$ 400 mil em golpes

Viviane Oliveira

Quadrilha usava cheques, cartões de crédito, notas promissórias e documentos falsos para aplicar golpes na cidade

Equipamentos de academia que foram apreendidos. (Fotos: Minamar Júnior)Equipamentos de academia que foram apreendidos. (Fotos: Minamar Júnior)
Foram apreendidos vários produtos de materiais de construção como: portas, forro, pisos, tubos. Foram apreendidos vários produtos de materiais de construção como: portas, forro, pisos, tubos.

A 5º Delegacia de Polícia Civil está investigando, em Campo Grande, uma quadrilha de estelionatários que, durante meses, aplicou golpes de cerca de R$ 400 mil em lojas de material de construção. Pelo menos 5 pessoas fazem parte do grupo, que pode ser muito maior.

Dessas, quatro chegaram a ser presas, um foi liberado, outros três ficaram detidos até quarta-feira, quando venceu a prisão temporária. A Polícia deve pedir outras prisões.

Entre os que são apontados como envolvidos no grupo estão uma mulher identificada como Sônia Galdino dos Santos, 36 anos, o pai dela, Pedro Galdino dos Santos, de 57 anos, o marido de Sônia, Roque Joelson Finamor Martins, 29 anos, e Eduardo Afonso Sampaio de Andrade, 35 anos.

O grupo atuava em Mato Grosso do Sul, São Paulo e Estados da região sul. A quadrilha comprava móveis, produtos veterinários e materiais de construção para revender.

A investigação envolve pelo menos dois delegados, titular da delegacia, Fernando Nogueira e o delegado Cláudio Zotto. Zotto disse que o bando tinha até contratos com fazendas para fornecer os produtos.

Eles usavam cheques, cartões de crédito, notas promissórias e documentos falsos para aplicar golpes na cidade. Conforme o delegado, a Polícia chegou até a quadrilha após de receber várias denúncias de comerciantes.

Ainda de acordo com o delegado, R$ 100 mil de produtos adquiridos pela quadrilha já foram recuperados. Por causa da quantidade, uma casa vazia foi cedida para colocar todos os materiais apreendidos.

Entre os produtos estão: móveis de madeiras, equipamentos de academia, produtos veterinários, mesa de sinuca, portas, pisos, forros, tubos, bombas d’água e sapatos.

O grupo vai responder por crime de estelionato e formação de quadrilha.

Concurso recebe inscrições para 83 vagas técnico-administrativas
Seguem abertas as inscrições para o concurso que oferece 83 vagas para técnico-administrativos em Educação na UFMS (Universidade Federal de Mato Gros...
Vice-governadora visita projeto em que detentos reformam escolas
O projeto "Pintando e Revitalizando a Educação com Liberdade", desenvolvido pelo Poder Judiciário estadual, foi conhecido e elogiado na sexta-feira (...
Crianças do Vespasiano Martins recebem Papai Noel e ganham presentes
As crianças do loteamento Vespasiano Martins, na periferia de Campo Grande, receberam a visita especial do Papai Noel neste sábado (16). Foram distri...


Acho que golpes dessa forma, e bem feito, pois hoje as lojas pedem a alma da pessoa e ainda nao vendem, por isso acho a coisa mais bem feita para estes comerciantrs, que sao uns ladroes tbm, pois eles roban e conpram mercadorias roubadas tbm. Depois vem chorar na midia, vao le danar seus comercialoides.....
 
Afonso de lima em 25/04/2012 10:13:35
ESSES CARAS DERAM UM ROMBO DESSES, E VCS NÃO MOSTRAM AS FOTOS PARA SABER QUEM SÃO, "O DELEGACIA".
 
JOSE CARLOS DE ALMEIDA em 21/04/2012 10:35:12
-Esses são os lixos da sociedade podre que vivemos.Poe podridão nisso, onde vc vai parece uma obseção das pessoas querendo passar a perna.É em todos os lugares, Ave Maria!!!!!!!!!!!!!!!!
 
Wilson Marques em 21/04/2012 08:27:20
Isso é pouco para estes comercialoides despreparados aqui de CG... Faz um teste.. Tenta uma pessoa honesta, só que com salário baixo, ir até lá e tentar fazer uma compra financiada... os caras fazem cara feia, e só faltam pedir para você deixar sua ALMA como garantia. Dai vem estes espertos ai com documento falso e eles vendem ... hehehehe tem mais é que se dar mal mesmo !
 
Danilo Heredia em 21/04/2012 03:44:00
Totalmente de acordo com você, Luciano. Ainda tem o fato de vendedores despreparados e funcionários (as) que por qualquer coisa já ficam intimidados (as), fazendo tudo que os pilantras pedem sem tomar os devidos cuidados. Tem que preparar sua equipe. Os riscos serão menores.
 
Jorge Junior em 20/04/2012 11:05:59
ESTELIONATARIOS EXISTEM E SEMPRE VAO EXISTIR. TUDO ISSO PQ OS COMERCIANTES CONTRIBUEM PRA ELES APARECEREM. NA ERA DA INFORMATICA QUE ESTAMOS, IMPOSSIVEL COM TANTAS NFORMAÇÕES CADASTRAIS PEGAR UM CHEQUE SEM FUNDO, CARTAO ROUBADO. É A ÂNSIA DE VENDER. QUE SE DEIXAM LEVAR POR BOA CONVERSA. ESTELIONATARIOS SO EXISTEM POR CULPA DA GANANCIA. MESMO QUE NAO QUEIRAM, FAÇAM O QUE É CERTO
 
LUCIANO MARQUES em 20/04/2012 10:43:06
Engracado que as lojas fazem uma analise de credito minunciosa,vendem e depois ficam reclamando que foram lesadas. So o valor da entrada ja cobre o valor da mercadoria. E as vendas que eles nao tem prejuizo e lucro de mais, de 200%. Entao um calotinho nao afeta eles....
 
Andre figueira em 20/04/2012 06:12:55
Se vocês não sabem como tudo aconteceu (foram feitas as consultas às financeiras e bancos) não opinem...só falem quando tiverem propriedade do que estão falando...
 
andre souza em 20/04/2012 01:03:22
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions