ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEXTA  22    CAMPO GRANDE 30º

Capital

Presa quadrilha que comprava veículos aplicando o golpe do envelope vazio

Por Viviane Oliveira | 16/06/2015 10:52
Leandro, Donizete, Wesley e Nilton tentavam vender uma caminhonete que foi adquirida com o golpe do envelope vazio. (Foto: divulgação/Polícia Civil)
Leandro, Donizete, Wesley e Nilton tentavam vender uma caminhonete que foi adquirida com o golpe do envelope vazio. (Foto: divulgação/Polícia Civil)

Parte de uma quadrilha foi presa em Campo Grande pelos crimes de receptação, associação criminosa e adulteração de sinal identificador de veículo.

Wesley Francisco de Lima, Nilton Amorin e Donizete Alencar da Silva anunciavam em rede social e site de compra pela internet a venda de uma caminhonete F-350, produto de estelionato em Dourados.

De acordo com a delegada da Deco (Delegacia Especializada em Repressão ao Crime Organizado), Ana Cláudia Medina, o veículo foi adquirido através do golpe conhecido como envelope vazio.

Após denúncia de que a caminhonete estava sendo anunciada para a venda em redes sociais e no site OLX, a polícia chegou até os golpistas e o veículo foi recuperado. Com a quadrilha, foram localizados mais nove veículos que serão submetidos a perícia, pois foi constatado indícios de adulteração em dois carros utilizados pelos autores.

Também foi apreendido com Donizete um trator, produto de estelionato praticado no começo deste mês na Capital. O quarto envolvido na receptação da caminhonete, Leandro Vieira de Lima se apresentou com o advogado na delegacia após a prisão dos comparsas. Conforme a delegada, ainda está sendo investigado se a quadrilha era quem aplicava o golpe do envelope vazio.

Donizete tem várias passagens na polícia por estelionato e contra ele havia mandado de prisão em aberto por evasão da colônia penal agrícola, onde cumpria pena em regime semiaberto por estelionato. Já Leandro cumpre pena no regime aberto por homicídio.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário