ACOMPANHE-NOS    
JULHO, DOMINGO  12    CAMPO GRANDE 30º

Capital

Preso por pedofilia é suspeito de compartilhar vídeos de crianças desde 2014

Nesta manhã, seis mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos em Campo Grande, Cassilândia, Jardim e Bonito

Por Kerolyn Araújo e Clayton Neves | 28/05/2020 08:06
Homem de 35 anos foi preso no bairro Rita Vieira, em Campo Grande. (Foto: Henrique Kawaminami)
Homem de 35 anos foi preso no bairro Rita Vieira, em Campo Grande. (Foto: Henrique Kawaminami)


Preso no bairro Rita Vieira durante operação contra abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes praticados pela internet, homem de 35 anos cometia o crime desde 2014. Nesta manhã, seis mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos em Campo Grande, Cassilândia, Jardim e Bonito.

Segundo apurado pelo Campo Grande News, o preso não produzia o material, mas recebia e compartilhava conteúdo de pornografia infatil, de crianças a partir de 7 anos. O computador do suspeito foi apreendido. A esposa dele foi à delegacia e disse que não sabia de nada.

Um outro homem também foi preso e chegou à Depca por volta das 7h35, levado policiais da Defurv (Delegacia Especializada em Repressão a Furtos e Roubos de Veículos) que dão apoio à operação. Além do preso, um malote com material apreendido na casa do suspeito também foi levado à delegacia.

Batizada de “Dep Caught'', a operação foi desencadeada pela Depca (Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente) e conta com apoio de agentes da Defurv e Deam (Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher).

Deep Caught - O nome da operação refere-se ao trabalho investigativo realizado pela Polícia Civil no ambiente da deep web, como é chamada a parte "obscura" da internet, onde costumam atuar os criminosos, e com a consequente localização.  A expressão em inglês, equivale a algo buscado na profundeza.