ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUARTA  29    CAMPO GRANDE 16º

Capital

Preso por homicídio, motorista diz que acelerou com medo de ser baleado por ex

De acordo com boletim de ocorrência, motorista diz que ex da namorada fez menção de estar armado ao bater na janela de veículo

Por Liniker Ribeiro e Marcos Rivany | 04/02/2021 15:41
Vinicius de Oliveira Gonçalves deixando UPA e sendo conduzido à delegacia (Paulo Francis)
Vinicius de Oliveira Gonçalves deixando UPA e sendo conduzido à delegacia (Paulo Francis)

Preso por homicídio doloso, Vinícius de Oliveira Gonçalves, de 20 anos, deixou unidade de saúde na região do Bairro Universitário e está a caminho da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol. Mais cedo, ele revelou à polícia ter acelerado o veículo que dirigia, modelo Volkswagen Gol, após se sentir ameaçado pelo ex-marido de sua namorada.

Antes do acidente que matou duas pessoas, o condutor afirmou que Guilherme Henrique dos Santos, de 24 anos, bateu no vidro do carro fazendo menção de estar armado.

Conforme boletim de ocorrência, foi neste momento que Vinícius acelerou o veículo. Em seguida, o condutor acabou atingindo outro carro, modelo Renault Scénic, ocupado por duas pessoas que não resistiram a batida.

Duas pessoas morreram após acidente envolvendo carro que andava em alta velocidade (Foto: Henrique Kawaminami)
Duas pessoas morreram após acidente envolvendo carro que andava em alta velocidade (Foto: Henrique Kawaminami)

Também à polícia, o ex-marido da mulher afirmou que o casal havia decidido reatar e que, na manhã de hoje, os dois iriam até agência de empregos, em busca de uma vaga de trabalho para ela. Como a ex não atendeu a ligações, Guilherme afirmou ter ido até a casa de sua ex-sogra, onde avistou a mulher entrando no Gol.

Ele também disse ter seguido o carro e que chegou e confirmou ter batido no vidro pedindo para que Vinícius parasse, o que não aconteceu. Logo, o acidente foi registrado.

Passageira - A ex-mulher de Guilherme confirmou que estava na casa da mãe e negou ter sido sequestrada. Também revelou que, junto de Vinícius, estava a caminho do Centro da Capital, quando, no trajeto, se deparou com seu ex-marido que estava em moto modelo Honda Fan.

A mulher também contou que o ex-marido acompanhava o veículo e, em certo momento, pediu para o motorista do carro parar o veículo, mas que ele recusou e acelerou o automóvel, vindo a colidir com outro carro.


Nos siga no Google Notícias