A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

30/04/2015 14:13

PRF e PRE realizam Operação Dia do Trabalho com foco na conscientização

Flávia Lima
Movimento de caminhões terá horários restritos durante Operação (Foto:Arquivo/Marcelo Calazans)Movimento de caminhões terá horários restritos durante Operação (Foto:Arquivo/Marcelo Calazans)

As polícias rodoviárias federal e estadual já deram início a Operação Dia do Trabalho, com o objetivo de reduzir os acidentes nas rodovias de Mato Grosso do Sul. Segundo o comando das corporações, a fiscalização será reforçada em trechos específicos, principalmente nas rodovias que dão acesso a cidades turísticas.

A Polícia Rodoviária Estadual, por exemplo, vai intensificar o policiamento nas BRs 162 e 163, que dão acesso a Maracaju, onde neste final de semana acontece a tradicional Festa da Linguiça. De acordo com o coronel Valdir Acosta, 50 policiais estarão envolvidos na Operação, que além das nove bases operacionais, também vai contar com duas unidades móveis.

O foco será observar os limites de velocidade e coibir as ultrapassagens indevidas. A Operação termina no domingo, às 18 horas. A PRF também vai reforçar a fiscalização nos trechos considerados estratégicos das rodovias. O objetivo é também vistoriar os veículos evitando contrabandos e a direção sob o efeito de álcool

Como em todas as operações, haverá restrição para o tráfego de caminhões bitrem, caminhões cegonha e veículos com dimensões excedentes, evitando, assim, o tráfego pesado nas estradas.

Para amenizar o trânsito nos horários de maior movimento, os caminhões serão proibidos de trafegar das 6 horas ao meio-dia de sexta-feira (1) e das 16 horas à meia-noite de domingo (3).

O motorista que descumprir a determinação será multado e obrigado a permanecer com o veículo estacionado até o fim do horário de restrição.

A PRF ainda recomenda que o condutor faça uma revisão do veículo para evitar acidentes e redobre a atenção em caso de chuva. 

O comando da PRF orienta os motociclistas, os mais vulneráveis a sofrer acidentes, que não esqueçam o capacete, infração que, de acordo com o Contran, é a segunda mais cometida entre os motociclistas. Quem é flagrado sem o acessório paga multa de R$ 200,00 e tem sete pontos na carteira.

Bandidos armados com faca usam carro prata para assaltar vítimas
Dois homens armados com faca em um carro prata - com placas HTI-8594 - assaltaram ao menos duas vítimas, na madrugada deste domingo (17), no Bairro C...
Promotoria e prefeitura firmam acordo para recuperar área de preservação
Foi celebrado entre o MPE (Ministério Público Estadual) e a prefeitura de Campo Grande acordo para recomposição da vegetação nativa da área de preser...
Concurso recebe inscrições para 83 vagas técnico-administrativas
Seguem abertas as inscrições para o concurso que oferece 83 vagas para técnico-administrativos em Educação na UFMS (Universidade Federal de Mato Gros...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions