ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUINTA  22    CAMPO GRANDE 29º

Capital

Primeira vacinada contra dengue, menina de 10 anos relata "sensação de proteção"

Vacinação com 24 mil doses enviadas pelo Ministério da Saúde começou hoje no Noroeste e Guanandi

Por Caroline Maldonado e Idaicy Solano | 11/02/2024 09:00
Secretária de Saúde da Capital, Rosana Leite, aplica primeira dose da vacina contra a dengue em Lorena Cintra, de 10 anos. (Foto: Marcos Maluf)
Secretária de Saúde da Capital, Rosana Leite, aplica primeira dose da vacina contra a dengue em Lorena Cintra, de 10 anos. (Foto: Marcos Maluf)

Com a meta de alcançar acima de 90% do público alvo de crianças de 10 a 11 anos, a vacinação contra a dengue começou neste domingo (11) nas USFs (Unidades de Saúde da Família) dos bairros Noroeste e Guanandi. O movimento é tranquilo e os postos atenderão até as 17h. As aplicações começam nessas unidades porque são as regiões com maior casos da doença.

No entanto, as 24 mil doses enviadas pelo Ministério da Saúde devem ser suficientes para imunizar mais de 90% das crianças de 10 a 11 anos da Capital, conforme a titular da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), Rosana Leite. Os bairros Los Angeles e Rita Vieira também estão entre os que têm mais casos da doença. Há 28 mil crianças com essas idades em Campo Grande.

A secretaria esteve na unidade do Bairro Guanandi acompanhando a aplicação das primeiras doses nesta manhã. Ela explicou que a vacina tem duas doses com intervalo de 3 meses. O ministério enviará mais uma remessa para a segunda dose.

“É uma grande conquista extremamente importante para o combate dessa doença que já causou tantas epidemias para os campo-grandenses. É claro que gostaríamos de vacinar todas as faixas que poderiam recebê-la, porém com essa escassez da vacina, o ministério orientou vacinar de 10 a 11 anos”, comentou a secretária.

A previsão dada pelo Ministério da Saúde é de começar com a vacinação para as idades de 10 a 14 anos, porque são as faixas etárias com maior índice de internação. Portanto, a secretária acredita que devem chegar ainda doses para as crianças de 12 a 14 anos. Há aproximadamente 73,5 mil crianças e adolescentes nesta faixa etária em Campo Grande.

Na USF Noroeste ninguém chegou nos primeiros minutos do início da vacinação, às 7h. (Foto: Marcos Maluf)
Na USF Noroeste ninguém chegou nos primeiros minutos do início da vacinação, às 7h. (Foto: Marcos Maluf)

Vacinação - A primeira a receber dose da vacina, pelas mãos da secretária Rosana, na USF Guanandi foi a estudante Lorena Cintra, de 10 anos. “Me sinto protegida, porque o vírus da dengue não vai mais me afetar. Ano passado, peguei dengue e foi a pior coisa”, disse a menina.

A mãe Alynne Cintra é agente de endemias e contou que a filha estava muito interessada na vacina. “A Lorena é uma criança bem participativa e está sempre preocupada. Nós moramos em condomínio e ele chega mãe e diz que viu Aedes Aegypti lá embaixo e eu falo tá bom vou ver. E hoje ela fez questão de estar aqui para tomar a vacina”, disse Alynne.

Lorena e a mão, a agente de endemias Alynne Cintra. (Foto: Marcos Maluf)
Lorena e a mão, a agente de endemias Alynne Cintra. (Foto: Marcos Maluf)

Na USF Noroeste, a gerente Josiane Abrego Ferreira conta que são feitas cerca de 5 notificações de casos de dengue por dia. Ela trabalha há 19 anos na área e já foi agente de endemias. Chegaram 400 doses para o posto por enquanto.

“É uma satisfação receber a vacina hoje. Tudo para gente é muito significativo, porque escutamos muito falar sobre a vacina e a nossa preocupação agora é de como a vacina será abordada. Esperamos que as pessoas tomem todas as doses. É uma pena que não proteja contra zika e chikungunya”, disse Josiane.

Durante a semana - Na segunda-feira (12), a vacinação segue no Noroeste e Guanandi e também serão aplicadas doses na USF Zé Pereira e UBS (Unidade Básica de Saúde) Coronel Antonino.

Na terça-feira (13), haverá vacinação na USF Universitário e na UBS Coronel Antonino. As informações sobre quais postos estão vacinando a cada dia são publicadas no site e redes sociais da Sesau.

Nos siga no Google Notícias