ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUINTA  22    CAMPO GRANDE 29º

Capital

Capital abre vacinação contra a dengue em 2 postos

O município recebeu 24.639 doses da vacina, que foram enviadas pelo Ministério da Saúde

Por Aline dos Santos | 10/02/2024 13:14
Doses da vacina Qdenga começam a ser aplicadas amanhã em Campo Grande. (Foto: Marcos Maluf)
Doses da vacina Qdenga começam a ser aplicadas amanhã em Campo Grande. (Foto: Marcos Maluf)

A Prefeitura de Campo Grande anunciou a abertura da vacinação contra a dengue a partir de amanhã (dia 11). O público-alvo será crianças de 10 a 11 anos. No primeiro dia, o imunizante fica disponível em duas unidades de Saúde: USF (Unidade de Saúde da Família) Noroeste e UBS (Unidade Básica de Saúde) Dona Neta.

A USF fica no Jardim Noroeste (Rua Dois Irmãos, 71). A UBS Dona Benta fica localizada na Rua Corá, Bairro Guanandi.

O atendimento será das 7h às 17h nos dois postos de Saúde. Os locais foram escolhidos por ficarem em regiões com alta incidência da doença. O município recebeu 24.639 doses da vacina, que foram enviadas pelo Ministério da Saúde.

“Diante do número limitado de doses, nós optamos por disponibilizar a vacina às crianças de regiões que estão com índice alto de dengue. À  medida em que novas doses forem sendo enviadas ao município, nós iremos ampliar para as demais regiões”, afirma a titular da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), Rosana Leite de Melo.

 Segundo o ministério, a vacinação irá avançar para outras idades assim que forem entregues  novas doses pelo fabricante da vacina  Qdenga, até alcançar todo o público-alvo de 10 a 14 anos

Conforme dados do serviço municipal de imunização, são 73.500 crianças e adolescentes nesta faixa-etária em Campo Grande.

Se considerar somente as idades preconizadas para receberem a vacina nesta primeira etapa, 10 a 11 anos, o público é de aproximadamente 28 mil pessoas. O esquema vacinal inclui duas doses com intervalo de três meses.

Orientações - Quem já teve dengue também deve se vacinar para evitar novas infecções ou, em caso de contágio, sintomas mais leves. Além disso, nessas pessoas, é esperada uma resposta melhor ao imunizante.

A recomendação para quem teve dengue recentemente é aguardar seis meses para tomar a vacina. Quem for diagnosticado com a doença no intervalo entre as doses deve manter o esquema vacinal, desde que o prazo não seja inferior a 30 dias em relação ao início dos sintomas.

Dados - Do dia º de janeiro a 6 de fevereiro de 2024, foram notificados 816 casos de dengue em Campo Grande. Em todo o ano passado a Capital registrou 17.033 notificações de dengue e seis óbitos provocados pela doença.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias