ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SÁBADO  18    CAMPO GRANDE 27º

Capital

Primeiro ecoponto será instalado no bairro José Pereira, diz prefeitura

Executivo espera implantar 10 ecopontos ainda este ano; Secretário vai exigir que a Solurb instale 50 Ecopontos pela cidade

Por Yarima Mecchi | 26/01/2017 09:08
Área fica no bairro José Pereira. (Foto: Divulgação/Prefeitura Municipal de Campo Grande)
Área fica no bairro José Pereira. (Foto: Divulgação/Prefeitura Municipal de Campo Grande)

O primeiro dos cinco ecopontos que a CG Solurb - empresa responsável pela coleta e tratamento de lixo em Campo Grande - tem que instalar na cidade será feiro no bairro José Pereira. De acordo com a Prefeitura de Campo Grande o local tem 3.651 m² e fica na Rua Sagarana, esquina com a Avenida Professor José Barbosa Hugo Rodrigues.

No local serão descartados resíduos recicláveis e também geladeiras, sofás, móveis e também poderão ser depositados restos de galhos, resultado da poda de árvores, de até um metro cúbico de entulhos, ou 650 quilos (resíduo seco) ou 850 quilos (se úmido). Esses são o chamado entulho volumoso, que não é aceito pelas empresas que recebem entulho de obras, como concreto.

A Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana) ainda tem que renovar a autorização ambiental, que foi concedida em 8 de agosto de 2016 e venceu em 8 de novembro, sem que o projeto avançasse. A prefeitura vai pedir a ligação de água e energia elétrica. Após estas etapas a Solurb está autorizada a implantar o projeto, a previsão é que sejam investidos cerca de R$ 800 mil.

Ainda de acordo com o Executivo Municipal, a Solurb deve separar todo o material e dar destinação final. O resíduo reciclável vai para UTR (Unidade de Tratamento de Reciclável), que recebe, em média, 11 toneladas por dia, resultado da coleta seletiva. O gerenciamento vai custar a prefeitura em torno de R$ 17,1 mil mensais por ecoponto.

O secretário municipal de Governo, Antônio Lacerda, já havia declarado em entrevista ao Campo Grande News que vai exigir que a Solurb instale 50 Ecopontos pela cidade. Ele espera implantar 10 ecopontos ainda este ano. Enfático, ele descartou qualquer possibilidade de reabertura do aterro do Noroeste, fechado pela Justiça em 15 de dezembro. O local era usado para descarte para os caçambeiros.

Os ecopontos não resolvem a situação do caçambeiros para descarte de entulho volumoso, como a categoria já anunciou anteriormente.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário