ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEGUNDA  19    CAMPO GRANDE 30º

Capital

Principal acesso ao Coophatrabalho, Avenida Florestal começa a ser recapeada

Serãi recapeados 3,8 quilômetros, resultado de investimento de R$ 4,9 milhões destinado ao projeto do Complexo Sírio-Libanês

Por Liniker Ribeiro | 18/09/2020 17:21
Equipes da prefeitura trabalhando em obra de recapeamento da Avenida Florestal, principal acesso ao Coophatrabalho (Foto: Divulgação)
Equipes da prefeitura trabalhando em obra de recapeamento da Avenida Florestal, principal acesso ao Coophatrabalho (Foto: Divulgação)

Equipes da prefeitura de Campo Grande deram início, nesta sexta-feira (18), as obras de recapeamento da Avenida Florestal, principal acesso ao Bairro Coophatrabalho. Ao todo, 3,8 quilômetros serão recapeados, resultado de investimento de R$ 4,9 milhões destinado ao projeto do Complexo Sírio-Libanês.

As obras recuperam asfalto com mais de 30 anos, que apresentava remendos por toda a sua extensão, devido a sucessivos tapa-buraco. A obra beneficiará mais de 5 mil habitantes, que moram na região do Coophatrabalho.

Conforme a prefeitura, a avenida Florestal começa na confluência com a Avenida Presidente Vargas, em frente do Colégio Militar, uma pista margeia todo o conjunto e a outra serve de divisa com a Vila Almeida.

O secretário de infraestrutura e Serviços Públicos, Rudi Fiorese, acompanhou o início das obras. Segundo ele, também receberá novo asfalto, a Rua Bacaba, acesso ao bairro que faz divisa com o Santa Carmélia, numa extensão de 1 km.

Além do acesso ao Coophatrabalho, receberam asfalto novo os principais corredores viários da Coophavila 2 (Avenida Marinha), do Aero Rancho (Avenida Raquel de Queiroz) e do Bonança (Avenida Roseiras).

Complexo Sírio-Libanês – Orçado em R$ 4,9 milhões, o projeto prevê ainda a implantação de  82 metros de drenagem e 1 km de pavimentação na Vila Lidia, bairro próximo a Avenida Tamandaré. Serão pavimentadas as ruas Teodomiro Serra; Araras; Luiza Ribeiro, 2 de Outubro e Bentevi.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário