A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 23 de Setembro de 2017

12/09/2017 11:58

Professor de teatro preso por abusar de aluno confessou crime, diz polícia

O homem, que não tinha passagem pela polícia, está preso desde ontem (11) no IPCG (Instituto Penal de Campo Grande) - em uma das duas alas da penitenciária destinada a presos por crimes sexuais

Viviane Oliveira e Mirian Machado
Delegada Marília falou sobre o caso nesta manhã (Foto: Marina Pacheco) Delegada Marília falou sobre o caso nesta manhã (Foto: Marina Pacheco)

Ator e professor de teatro de 55 anos, acusado de abuso sexual a um aluno de 12 anos, confessou o crime, de acordo com a Polícia Civil. O homem, que não tinha passagem pela polícia, está preso desde ontem (11) no IPCG (Instituto Penal de Campo Grande) - em uma das duas alas da penitenciária destinada a presos por crimes sexuais. Para preservar a vítima, os nomes dos envolvidos não serão divulgados nesta reportagem.

Conforme a delegada Marília de Brito Martins, da Depca (Delegacia de proteção à Criança e ao Adolescente), até agora já foram ouvidos os policiais, que atenderam a ocorrência no dia da denúncia, a mãe, a vítima e o autor. O professor confessou o crime, segundo a polícia.

Próximo passo, de acordo com a autoridade policial, será ouvir as duas pessoas que estavam com o garoto e o adulto no último sábado (dia 9), quando ocorreu o último abuso - descoberto pela família da vítima. Para concluir o inquérito, a polícia aguarda o resultado da perícia nos objetos apreendidos na casa do professor e o laudo do corpo de delito realizado no menino.

O autor pode responder por mais um crime se ficar comprovado que armazenava imagens de pornografia envolvendo crianças e adolescentes. Ainda será investigado se houve mais vítimas. A delegada faz um alerta e diz que os pais precisam ficar atentos em relação a conversas dos filhos pelo celular - facilitador de acesso a esses crimes de cunho sexual. A reportagem tentou falar, por mensagem via Facebook, com o grupo teatral que o professor faz parte, mas não obteve retorno. 

 O caso - A mãe de 28 anos foi quem descobriu os abusos depois de flagrar conversas obscenas entre o autor e o filho, no WhatsApp. De acordo com a polícia, a mãe resolveu olhar o celular do filho, que raramente fica desbloqueado, quando encontrou conversas com teor sexual entre o menino e o professor de teatro. Nas mensagens, o homem marcava encontros com a criança e dizia palavras obscenas.

A mãe, então, questionou o garoto sobre o que havia visto. Ele acabou contando que já tinha tido alguns encontros com o professor, em que o homem o obrigou a praticar sexo oral. À polícia, a mãe disse ainda que, como confiava no homem, havia autorizado o filho a fazer uma viagem com ele para Ponta Porã há alguns dias. O garoto contou que nesta viagem ficou na casa de um irmão do professor e dormiu no mesmo quarto que ele. Lá, teriam ocorrido outros abusos.

Os celulares do garoto e do professor, além de um CPU, HD’s e pendrives, foram apreendidos pela polícia. O menino passou por exames de corpo de delito que devem confirmar os estupros. O ator/professor passou por audiência de custódia na manhã de ontem e teve a prisão em flagrante convertida para preventiva.

Ator e professor de teatro é preso suspeito de estuprar aluno de 12 anos
Um ator de 55 anos, que dá aulas de teatro em grupo famoso em Campo Grande, foi preso em flagrante neste domingo (10), suspeito de estuprar um aluno ...
Embriagado, condutor fura interdição no Parque dos Poderes e é preso
O condutor Pedro João Torres, 57 anos, foi preso na tarde deste sábado depois de furar a interdição de ruas para lazer, no Parque dos Poderes, em Cam...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions