A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

03/03/2012 13:35

Projeto “Talento e Artes das Comunidades” será realizado hoje na Capital

Francisco Júnior

O evento será realizado das 14h30 às 18 horas

O projeto “Talento e Artes das Comunidades” aconteceu neste sábado (3), na Praça do Rádio, em Campo Grande. O evento será realizado das 14h30 às 18 horas.

Na programação está prevista a Exposição Talento e Artes das Comunidades e atividades esportivas dirigidas a crianças de 7 a 11 anos. Haverá ainda apresentações da Cia de Circo Flor e Espinho (14h30 às 15h15), da Orquestra Revoada Pantaneira (15h30 às 16h10), do Grupo Instrumental Marcos Assunção e Trio (16h30 às 17 horas) e do Grupo Identidade Teatral (17h30 às 18 horas).

O Flor e Espinho Teatro é um grupo com sede em Campo Grande, dedicado à produção que pesquisa potencialidades do Teatro e do Circo, que busca atores versáteis e diversas linguagens e possibilidades para a criação cênica.

Os principais ritmos e estilos presentes no universo da música rural brasileira, na mistura do clássico e do caipira, são apresentados pela Orquestra Revoada Pantaneira. Criada em abril de 2007, pelo maestro André Viola, ela tem em seu repertório músicas de raiz e regionais, modas de viola, toadas, cururus, cateretês, polcas, chamamés, pagodes de viola, dentre outros que fazem parte da história cultural do Brasil.

Consolidando uma carreira em franca ascensão, Marcos Assunção vem se destacando no cenário musical pela criatividade evidenciada em seus trabalhos como compositor e intérprete. Exemplo disso foi a sua classificação no Projeto Pixinguinha em 2008 - Prêmios Produção (Funarte) - por meio do qual o músico teve a oportunidade de gravar o seu primeiro CD instrumental “Tô Chegando”, enovelado ao desafio de bem promover a propagação de sua arte pelo Brasil e pelo mundo.

O Grupo Identidade Teatral vai encenar a comédia "O rei que não sabia rir", que conta a história de um rei rabugento, que não consegue ver motivos para sorrir. Sua rabugice desencadeia uma insatisfação nos seus súditos e eles começam a migrar para o reino vizinho. Para evitar que as coisas piorem, seu fiel guarda real traz o bobo da corte para alegrá-lo. Ao perceber a presença do bobo da corte, o rei propõe a ele uma troca temporária de função para poder, assim, se aventurar pelo mundo e procurar o seu bom humor. A partir daí, uma série de confusões começa a se instalar dentro do castelo, proporcionando uma divertida comédia infanto-juvenil.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions