A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

08/11/2013 17:36

Promotora defende que Estado alugue espaços para colocar presos

Bruno Chaves
No Instituto Penal da Capital, celas onde deveriam estar oito presos abrigam 60 pessoas, afirma promotora (Foto: Divulgação)No Instituto Penal da Capital, celas onde deveriam estar oito presos abrigam 60 pessoas, afirma promotora (Foto: Divulgação)

Enquanto dura a interdição de cinco presídios em Campo Grande, determinada pela Justiça nesta semana, o Estado poderia alugar espaços adequados para colocar novos detentos. A proposta foi sugerida pela promotora Jiskia Sandri Trentin, autora da ação que resultou na interdição dos estabelecimentos penais da Capital por causa das condições precárias.

Desde o último dia 4, o Estabelecimento Penal Feminino Irmã Irma Zorzi (EPFIIZ), o Instituto Penal de Campo Grande (IPCG), o Centro de Triagem “Anízio Lima” (CT), o Presídio de Trânsito de Campo Grande (PTRAN) e o Estabelecimento Penal “Jair Ferreira de Carvalho” (EPJFC) estão de portas fechadas para novos detentos.

“A título de sugestão (e isso foi colocado no pedido de liminar), em vez de deixar os presos na Delegacia, por que o Poder Executivo não se aparelha para: remanejar presos de outros estados da federação para seus estados de origem? Providenciar local adequado - locando imóvel e contratando agente penitenciário temporário - para a custódia dos presos excedentes?”, disse, por e-mail, a promotora.

No Instituto Penal da Capital, por exemplo, celas onde deveriam estar oito presos abrigam 60 pessoas, afirma Jiskia.

Para ela, a ideia de que não se pode interditar os presídios porque os presos não teriam local adequado para permanecerem é ficar em uma “zona de conforto”, já que o Poder Executivo promete a construção de novas unidades penais, mas não estabelece previsão de enrtrega.

Ela reforçou que as violações a direitos humanos são facilmente verificadas nas unidades penais visitadas pelo Ministério Público. “Não só os direitos fundamentais do preso são violados, mas também daqueles que se encontram em liberdade”, afirma a promotora lembrando que os crimes mais graves são comandado de dentro das cadeias.

“Só não consigo - como ser humano - e nem posso - como profissional - aguardar as realizações prometidas, como mera espectadora insensível, tendo na minha frente o quadro dramático de seres humanos com pouca perspectiva de evolução, a começar pelo tratamento indigno que lhes é dado ao serem depositados nas celas em que passam a maior parte do dia, a maioria sem ocupação alguma”, finalizou.

Homem de 30 anos é esfaqueado em bairro e fica em estado grave
Bartolomeu Gomes de Araújo Barbosa, 30 anos, ficou gravemente ferido após ser atingido a golpes de faca no abdômen, na noite de ontem (13), na Rua Bo...
Após documento vazar, Sesau diz que hemogramas não foram suspensos
A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) afirmou que os hemogramas continuam sendo feitos na rede pública de saúde de Campo Grande. A informação inici...


no parque dos poderes tem imóveis de montão.
 
marcio da silva em 09/11/2013 10:32:01
Os Bairros Jardim dos Estados, Chácara Cachoeira e Parque dos Poderes tem ótimos lugares para abrigar estes "anjinhos".
 
Marco Costa em 09/11/2013 09:00:55
É fácil, não é doutora? Então, por quê a Senhora não obriga a União a construir presídios para os 4.000 presos federais que tem em MS? Aliás, construir e manter, né? Se fizer isso tá resolvido o problema, sobrariam vagas nos presídios estaduais.
 
luiz inacio de souza em 08/11/2013 19:46:37
A senhora promotora Jiskia Sandri Trentin é mais uma destas que são a favor do crime! Porque não colocar os presos para morar junto com a mesma em sua casa? Criminoso tem de ser tratado da pior forma possível, direitos devem ser negados ao mesmos da mesma forma que eles negam as suas vítimas. Agora aparece essa promotora(que só ter algum vículo com criminoso ou com a criminalidade) e interditar presídios alegando que os "BANDIDOS" não estão tendo boas condições! Que mulher hipócrita, cadê as boas condições as pessoas boas? Direitos Humanos para Humanos direitos!
 
Alexandre de Souza em 08/11/2013 19:04:45
Verdade, né!? Tá cheio de imóvel para alugar na cidade... principalmente cadeias.... Afff
 
LEANDRO MOURA CASTRO DO NASCIMENTO em 08/11/2013 18:18:49
Leva pra sua casa dra. promotora.
 
antonio cesar de almeira em 08/11/2013 17:54:18
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions