A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

06/03/2014 12:21

Protesto de vigilantes retarda abertura de bancos e cliente sofre em filas

Graziela Rezende e Aline dos Santos
Filas extensas no banco por conta de manifesto. (Foto: Cleber Gellio)Filas extensas no banco por conta de manifesto. (Foto: Cleber Gellio)

Prevista para encerrar às 12h, a manifestação do Sindicato dos Vigilantes já prejudica o atendimento em algumas agências bancárias na região central de Campo Grande. A Caixa Econômica Federal e o Bradesco, por exemplo, contabilizam filas enormes e horas de espera enquanto o atendimento não inicia. Sem vigilantes, os bancos não abriram às 11h. 

Na Caixa da rua 13 de Maio com a Marechal Cândido Mariano Rondon, os clientes foram alertados sobre a necessidade de mais vigilantes para a abertura do banco, já que apenas um está presente.

“Vim fazer uma simples alteração na conta, mas ninguém consegue ultrapassar a porta giratória. Vi a mobilização na rua Barão do Rio Branco, mas não esperava que ia encontrar essa situação. Cheguei às 9h50, mas tem gente que está na porta desde às 8h”, afirma o vendedor Danilo Roberto Assis Arguelho, 26 anos.

A aposentada Lurdes Mendonça, 72 anos, disse que foi ao banco pagar o penhor. “A data de vencimento é ontem, por isso vim pagar hoje. Mas, se não der certo, quem vai pagar o prejuízo e o estacionamento, principalmente, porque a hora está passando”, reclama. 

Outro banco sem movimentação bancária é o Bradesco da avenida Afonso Pena próximo à Rua 13 de Maio. No local, um funcionário até auxilia os clientes que desejam serviços simples, como uma troca de senha ou retirada do cartão. No entanto, nada que envolva dinheiro está sendo efetuado. “A movimentação de dinheiro não está sendo realizada, a não ser o saque eletrônico”, diz um dos funcionários.

Ao lado, o Banco do Brasil está funcionando normalmente. Porém, conforme apurou o Campo Grande News, não houve o abastecimento dos caixas eletrônicos. 

Reunião - Enquanto os clientes reclamam, a categoria dos vigilantes realiza assembleia na Capital, Dourados, Três Lagoas, Ponta Porã e Corumbá, desde às 11h30. À tarde, às 16h, os trabalhadores partem para a terceira rodada de negociações. As outras reuniões foram realizadas em 18 e 25 de fevereiro. Ao todo, são 43 empresas. Eles querem reajuste salarial de 9%. 

No Bradesco, movimentação de dinheiro só nos caixas eletrônicos. Foto: (Cleber Gellio)No Bradesco, movimentação de dinheiro só nos caixas eletrônicos. Foto: (Cleber Gellio)
No Banco do Brasil, funcionamento era normal. ( Foto: Cleber Gellio)No Banco do Brasil, funcionamento era normal. ( Foto: Cleber Gellio)
Brinquedos feitos por detentos são doados para crianças em escola
Parceria feita entre a a Semed (Secretaria Municipal de Educação) e a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) garantiu ne...
Falta de pagamento faz prefeitura suspender hemogramas na rede pública
A falta de pagamento para um fornecedor de insumos fez com que a prefeitura de Campo Grande suspendesse a partir desta quarta-feira (13) a realização...


Falta de respeito com a sociedade! o serviço de segurança privada é indispensável pra sociedade, porém não justifica essa conduta.
 
Isaac Pancini Cacho em 06/03/2014 14:38:10
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions