A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 20 de Janeiro de 2018

02/10/2015 11:28

Quadrilha encontrou vítima na internet e venderia caminhão por R$ 15 mil

Aline dos Santos e Filipe Prado
Revólver calibre 32 unia presos em crimes, de assalto à farmácia a roubo de caminhão. (Foto: Fernando Antunes)Revólver calibre 32 unia presos em crimes, de assalto à farmácia a roubo de caminhão. (Foto: Fernando Antunes)

Unidas por um revólver e ordens de um interno do Instituto Penal, quatro pessoas foram presas pela Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos) após assalto a farmácia e roubo de um caminhão que seria vendido por R$ 15 mil no Paraguai. A opção pelo veículo foi após um integrante do grupo ver anúncio de frete na internet.

A primeira prisão foi de Patrick de Oliveira Rocha, 22 anos, durante investigação de roubos a farmácias, sendo o último em 16 de setembro, na avenida Tamandaré, em Campo Grande. De acordo com o delegado Carlos Delano, o assaltante foi identificado durante a investigação e preso ontem no bairro Paulo Coelho Machado, onde mora.

A polícia também aprendeu um revólver calibre 32. O preso disse que outras duas pessoas também participaram do assalto à farmácia: Maycon Correia da Silva, 24 anos, e Gerson Teodoro Crisóstomo, 21 anos. Ambos foram presos.

O trio ainda revelou que o revólver foi usado no roubo de um caminhão no dia 29 de setembro, no bairro Jóquei Clube. Jéssica Caroline Soares Neto, 23 anos, viu anúncio de serviço de frete na internet e entrou em contato. Ela, que também foi presa, é esposa de Wagner Albuquerque Rodrigues, 31 anos. Ele está preso no Instituto Penal e é apontado como o mandante dos crimes.

Segundo delegado, grupo foi descoberto em investigação de roubo à farmácia. (Foto: Fernando Antunes)Segundo delegado, grupo foi descoberto em investigação de roubo à farmácia. (Foto: Fernando Antunes)

A mulher contratou o serviço e Gerson e Maycon foram ao encontro do caminhoneiro. Com a desculpa de indicar o local da mudança, entraram no veículo. Em seguida, Patrick chegou de moto e o roubo foi anunciado. O motorista de 49 anos foi levado para um matagal, amarrado com fita adesiva e amordaçado. Eles ficaram à espera de um quarto assaltante, que levaria o veículo para o Paraguai. Mas ele, que foi indicado pelo mandante, se atrasou.

Nessa espera, passou um carro da empresa de energia elétrica, que foi confundido com a polícia e todos fugiram. O caminhão foi encontrado no bairro Novo Século. Eles foram presos por roubo, roubo majorado pela restrição de liberdade da vitima e também associação criminosa. Maycon, Jéssica e Patrick têm passagem pela polícia.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions