ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, TERÇA  23    CAMPO GRANDE 31º

Capital

Quadrilha que roubou carro de luxo levava veículos para a Bolívia

Dois envolvidos no crime morreram durante abordagem policial no Indubrasil na manhã desta sexta-feira

Por Natália Olliver e Bruna Marques | 24/11/2023 12:18
Coronel Rocha durante coletiva de imprensa nesta sexta-feira (Foto: Bruna Marques)
Coronel Rocha durante coletiva de imprensa nesta sexta-feira (Foto: Bruna Marques)

Quadrilha que roubou carro de luxo levava veículos para a Bolívia. Rafael Teixeira Costa e Lima, de 30 anos, mandante do crime, e Natan Candido Chaves, de 28 anos, o motorista, foram presos pela polícia na manhã desta sexta-feira (24). Ainda não há um número exato de quantos integrantes fazem parte do grupo, mas dois dos envolvidos foram mortos durante a ação.

A abordagem policial aconteceu na região do Indubrasil. Os bandidos, que mantinham o dono do Toyota Hilux, empresário de 66 anos, em cativeiro, reagiram à abordagem e trocaram tiros com militares do Batalhão de Choque. A vítima foi abordada pelos assaltantes após sair de um estabelecimento comercial.

De acordo com o tenente-coronel Rigoberto Rocha, o mandante foi preso em uma casa de alto padrão no bairro Nhanhá. Durante a prisão, Natan Candido negou a responsabilidade do crime, mas confessou posteriormente a autoria. A quadrilha é especializada no tipo de roubo e todos os veículos eram levados ao país vizinho.

O delegado Daniel Luz, que atendeu a ocorrência, onde houve confronto, explicou que a dupla estava cometendo crimes atrás da universidade Uniderp durante a madrugada, sendo que roubaram dois celulares. Na sequência, foram até a Avenida Afonso Pena com a Rua Rui Barbosa, onde abordaram o motorista da Toyota Hilux. Os dois sacaram as armas e tomaram a direção do veículo, colocando um capuz na vítima.

Policiais e peritos durante ocorrência em frente a empresa abandonada. (Foto: Geniffer Valeriano)
Policiais e peritos durante ocorrência em frente a empresa abandonada. (Foto: Geniffer Valeriano)

Condutores que testemunharam o roubo acionaram a polícia e passaram as características dos suspeitos. Nesse momento, os militares já tinham conhecimento do caso dos celulares e notaram que as características dos autores eram as mesmas nos dois roubos.

Como um dos celulares estava sendo rastreado, a vítima passou a localização para os policiais, que saíram em diligências e encontraram a caminhonete com um terceiro suspeito.

Ele falou que pegou o veículo próximo a uma empresa abandonada, no Indubrasil, onde também ficaram os dois comparsas que atuaram no roubo e que eles mantinham o dono da Hilux em cárcere.

Quando os policiais chegaram no cativeiro, os criminosos reagiram com tiros, que foram revidados. Os dois foram atingidos, socorridos e levados à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Santa Mônica. Eles não resistiram e morreram.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias