ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, QUARTA  17    CAMPO GRANDE 25º

Capital

Preso mandante de roubo a caminhonete que terminou com ladrões mortos

Dois ladrões acabaram mortos durante confronto; eles foram abordados enquanto mantinham vítima em cativeiro

Por Dayene Paz e Bruna Marques | 24/11/2023 10:40
Policiais e peritos durante ocorrência em frente a empresa abandonada. (Foto: Geniffer Valeriano)
Policiais e peritos durante ocorrência em frente a empresa abandonada. (Foto: Geniffer Valeriano)

A polícia prendeu o homem suspeito de ser o mandante do roubo a uma caminhonete que terminou com dois ladrões mortos na manhã desta sexta-feira (24), na região do Indubrasil, em Campo Grande. Os bandidos mantinham o dono do veículo em cativeiro, reagiram à abordagem e trocaram tiros com militares do Batalhão de Choque.

O delegado Daniel Luz, que atendeu o local onde houve confronto, explicou como se deram os fatos. Ele conta que a dupla estava cometendo crimes atrás da universidade Uniderp durante a madrugada, sendo que roubaram dois celulares. Na sequência, foram até a Avenida Afonso Pena com a Rua Rui Barbosa, onde abordaram o motorista de uma Toyota Hilux, um empresário de 66 anos que saía de um estabelecimento comercial.

Os dois sacaram as armas e tomaram a direção do veículo, colocando um capuz na vítima. Condutores que testemunharam o roubo acionaram a polícia e passaram as características dos suspeitos. Nesse momento, os militares já tinham conhecimento do caso dos celulares e notaram que as características dos autores eram as mesmas nos dois roubos.

Como um dos celulares estava sendo rastreado, a vítima passou a localização para os policiais, que saíram em diligências e encontraram a caminhonete com um terceiro suspeito. Ele falou que pegou o veículo próximo a uma empresa abandonada, no Indubrasil, onde também ficaram os dois comparsas que atuaram no roubo e que eles mantinham o dono da Hilux em cárcere.

Quando os policiais chegaram no cativeiro, os criminosos reagiram com tiros, que foram revidados. Os dois foram atingidos, socorridos e levados à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Santa Mônica. Eles não resistiram e morreram.

Prédio abandonado onde houve confronto a tiros no Indubrasil. (Foto: Geniffer Valeriano)
Prédio abandonado onde houve confronto a tiros no Indubrasil. (Foto: Geniffer Valeriano)

"A vítima foi encontrada com capuz na cabeça, sentada em dois tijolos e tremendo", descreve o delegado Daniel Luz. A vítima foi levada à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), onde está sendo confeccionado o boletim de ocorrência.

Com a prisão do comparsa que estava na caminhonete, a polícia chegou a um quarto suspeito, que seria o coordenador/mandante de toda a ação. Os nomes dos suspeitos ainda não foram divulgados.

Receba as principais notícias do Estado pelo celular. Clique aqui para entrar no canal do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias