A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 15 de Outubro de 2019

24/04/2019 14:46

Quadrilha que sequestrou e esfaqueou motorista em roubo é presa

O grupo ainda roubou um Hyundai I30 horas antes. O veículo foi usado no segundo crime

Geisy Garnes
Suspeitos foram levados para a Depac Piratinigna (Foto: Divulgação)Suspeitos foram levados para a Depac Piratinigna (Foto: Divulgação)

Policiais do Batalhão de Choque prenderam nesta quarta-feira (24) quatro homens e três adolescentes envolvidos no roubo de dois veículos – um Hyundai I30 e um Hyundai Tucson – em Campo Grande. Em um dos crimes, a vítima de 50 anos foi agredida com um extintor, esfaqueada e abandonada próximo a um posto de combustível na BR-163. Ela está internada na Santa Casa.

Foram presos Ygor Luan Monteiro Moreno, de 25 anos, Kaio Cesar Monteiro Moreno, de 29 anos, Luan de Deus Dias, de 21 anos, Valdir José dos Santos, de 45 anos, e três adolescentes – dois de 15 e um de 17 anos – apreendidos.

Conforme o registro policial, o I30 foi roubado na Rua Japão, por volta das 19 horas de ontem. Para a polícia, a mulher de 38 anos contou que estacionou o carro no local para ir a uma farmácia e na volta foi abordado por dois homens. Eles ainda tentaram tomar a bolsa da vítima que reagiu e foi ameaçada com um canivete. A dupla então conseguiu fugiu com o carro, a bolsa, um notebook e dois celulares Iphone.

Já o Tucson foi levado durante a madrugada desta quarta-feira (24). A vítima, um homem de 50 anos, contou que foi abordado por cinco jovens, que estava no I30 roubado horas antes. Ele foi mantido refém durante horas pelo grupo e abandonado na BR-163, próximo a um posto de combustível, onde foi agredido e esfaqueado.

Avisados do crime, os policiais do Batalhão de Choque iniciaram rondas pelo Jardim Nhanha, onde encontraram o Hyundai Tucson estacionado na Rua Jonas José de Arruda. As buscas pela região foram intensificadas e as equipes se depararam com o I30 entrando no bairro.

Assim que viu a polícia, o condutor do carro fugiu em alta velocidade pelas ruas, dando início a uma perseguição. Após várias quadras, os militares conseguiram abordar o veículo, onde estavam três dos suspeitos – Luan de Deus Dias, Kaio Cesar e Ygor Luan, que dirigia o I30.

Os suspeitos detalharam que Ygor, Luan e dois adolescentes, de 15 e 17 anos, participaram do roubo da Tucson. Aos policiais, Ygor contou que usou o extintor para agredir vítima, mas que ela correu para o mato após levar a “pancada na cabeça”. Luan seguiu o dono do carro e o esfaqueou várias vezes nas costas.

Mesmo ferido, o homem de 50 anos continuou correndo e os suspeitos voltaram para o carro e fugiram do local. Luan contou ainda que o comparsa de 15 anos chegou a oferecer drogas para que ele matasse a vítima, pois tinha intenção de levar a Tucson para o Paraguai.

As buscas continuaram e os policiais conseguiram encontrar os objetos levados da mulher de 38 anos com Valdir José dos Santos. Quando chegaram ao suspeito, encontraram o notebook da vítima já desmontado e o prenderam por receptação. O terceiro adolescente envolvido no caso foi visto dirigindo a Tucson roubada.

Ygor e Luan foram autuados pelo roubo do I30 e da Tucson, além de tentativa de latrocínio – roubo seguido de morte – junto com os dois adolescentes. Todos responderão ainda por associação criminosa.

 

Após lançar maconha na Máxima, dupla é perseguida e presa pela polícia
Dois homens, de 27 e 29 anos, foram presos nesta segunda-feira (14) após jogarem tabletes de maconha por cima do muro do presídio de segurança máxima...
Adolescente de 16 anos é apreendido com 95 papelotes de droga no Tiradentes
Um adolescente, de apenas 16 anos, foi preso ao ser flagrado com 95 papelotes de cocaína no Bairro Tiradentes, em Campo Grande. Os policiais civis d...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions