ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, SÁBADO  13    CAMPO GRANDE 28º

Capital

Qual a sua análise sobre a população que vive nas ruas de Campo Grande?

Capital vai mapear número e perfil das pessoas em situação de vulnerabilidade

Por Natália Olliver | 03/03/2024 09:10
Pessoa em situação dormindo na Rua 14 de Julho, ao lado da Praça Ary Coelho. (Foto: Paulo Francis) 
Pessoa em situação dormindo na Rua 14 de Julho, ao lado da Praça Ary Coelho. (Foto: Paulo Francis)

Que a população de rua na Capital sul-mato-grossense é expressiva não é novidade, mas para você, ela aumentou, diminuiu ou permanece igual aos anos anteriores? Na enquete deste domingo (3), o Campo Grande News quer saber qual a sua análise sobre o número de pessoas que vivem nas ruas. Participe da enquete ao final da matéria ou na capa do portal e deixe seu comentário nas nossas redes sociais.

De acordo com Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), em sete anos, o número da população de rua que vive no Estado triplicou. Essa constatação foi feita com os dados do Cadúnico (Cadastro Único do Governo Federal), que monitora esse público, sobretudo os que recebem algum benefício ou auxílio,como o Bolsa Família.

O estudo indica que deficit habitacional, desemprego, baixa escolaridade, pobreza e cortes em programas sociais são as principais causas do aumento da população de rua.  A Capital deve iniciar um censo inédito, que contabiliza e fará o perfil das pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade nas ruas. O levantamento deve ser iniciado ainda em 2024.

A informação é confirmada por quem vai participar desse trabalho e está em contato direto com as pessoas em situação de rua no Centro Pop. O local oferece refeições e banhos.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Enquete

Qual a sua análise sobre a população que vive nas ruas de Campo Grande?

Aumentou

92%

Diminuiu

1%

Segue inalterada

7%
Este site é protegido pelo reCAPTCHA e pelo Google.
Política de Privacidade e Termos de serviço.
A votação para essa enquete terminou.
Nos siga no Google Notícias