A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 21 de Junho de 2018

25/05/2011 13:59

Rapaz cai com Gol em rio, sai ileso e se esconde em residência

Nadyenka Castro e Viviane Oliveira

Ele estava visivelmente embriagado

Gol caído dentro do rio Anhanduizinho. (Foto: Simão Nogueira)Gol caído dentro do rio Anhanduizinho. (Foto: Simão Nogueira)

Visivelmente embriagado, Roni Henrique de Oliveira, 23 anos, caiu com o Gol que dirigia no rio Anhanduizinho, em Campo Grande, saiu ileso e depois se escondeu em uma residência.

Ele trafegava com o veículo pela faixa da direita, sentido centro/bairro, da avenida Ernesto Geisel e nas proximidades do Guanandizão perdeu o controle da direção e caiu de frente no rio.

Após a queda, Roni conseguiu sair do interior do automóvel e do rio. Ele “correu” e se escondeu em uma casa localizada em frente ao local do acidente. Quando a proprietária chegou ele estava deitado em uma das camas.

Assustada, ela chamou a Polícia Militar. Roni justificou sua presença no imóvel dizendo que pensou que ali fosse a casa de uma tia.

O rapaz declarou que mora no bairro Guanandi e voltava da casa de amigos. Ele saiu ileso e de acordo com a PM (Polícia Militar) teve sorte, pois poderia ter morrido afogado. Há suspeitas que ele estava em alta velocidade.

Segundo a PM, Roni está com a Carteira Nacional de Habilitação vencida, assim como o documento do veículo, o qual não é renovado desde 2007.

Roni será submetido ao exame de alcoolemia. Sobre a situação, ele declarou. “Di boa. Amanhã estou com o carro de volta”.

O jovem estava com a fala mole, um pouco desorientado e chegava a ser cômico em seus comentários sobre o acidente.

(Foto: Simão Nogueira)(Foto: Simão Nogueira)
Técnicos e enfermeiros decidem na próxima quarta, se entram ou não de greve
Assembleia na próxima quarta-feira (27) vai definir se enfermeiros e técnicos de enfermagem da Capital, entram ou não de greve. Os servidores pedem a...
Acusado de tentar matar vítima por dívida é condenado a 6 anos de prisão
Fernando Teixeira, de 32 anos, foi condenado a 6 anos e 8 meses de prisão em regime inicial semiaberto, por ter tentado matar suspeito de tentar mata...


Infelizmente, esse irresponsável tem toda razão ao dizer que estará com seu carro de volta. As punições, quando existem, são muito brandas para os crimes e abusos cometidos no trânsito; sou PM, trabalho na área do trânsito e já fui "ouvida" em audiência onde o acusado se envolvou em acidente vitimando terceiro, não era habilitado e estava embriado e o promotor, simplesmente, pediu o arquivamento do processo pois o mesmo era réu primário....Eu pergunto a todos: de quem é a culpa? Da CIPTRAN e da AGETRAN que estão dioturnamente fazendo seu serviço, tentando tirar das ruas o maior número de infratores (e recendo críticas de quem, muitas vezes, nem imagina como é nosso trabalho)? Ou da Justiça que libera sem punições aqueles que nós encaminhamos a eles? Dirigir sem ter CNH virou hábito em nossa cidade e nós, fiscalizadores, não temos bola de cristal para saber quem são esses condutores então não nos resta outra alternativa que não seja a de "importunar" (como disse o Sr. Gustavo) as pessoas com nossas blitz na tentativa de tirar o maior número de irresponsáveis posível das ruas.
 
Gladis Caramalac em 26/05/2011 10:58:16
o Brasil, ja tem muitas leis o que precisa e ter educação e bom senso isso é de cada um idoso ou jovem, vamos ter educação no transito gente se não os proximo poderá ser qualquer um de nos.
 
jane fernandes souza em 26/05/2011 08:47:48
Casos de acidentes como o de Roni Henrique de Oliveira, que dirigia embriagado é muito comum, não só em Campo Grande mas também em todo o Brasil. Na minha opinião, se as pessoas, principalmente jovens, tivessem um pouco mais de maturidade e consciência, saberiam que dirigir embriagado é desrespeitar as leis de trânsito e a si mesmo.
Apesar disso os brasileiros sabem que as leis em nosso país quase nunca são cumpridas e parece que a maioria das pessoas fazem de propósito: bebem, saem dirigindo e se acidentam; em alguns casos são os inocentes que pagam com a própria vida e os culpados quase nunca são punidos como merecem. Isso talvez não aconteceria se o governo tomassem medidas mais drásticas em questão às leis de trânsito e também se as pessoas tomassem mais cuidado.
 
Marianne Visentin *-* CAJE em 25/05/2011 05:55:41
Marmajo folgado, irresponsável....Como assim, na casa de amigos?! Logo se vê, que trata-se de uma lástima, pois é inadmissível, um homem barbado, ficar de papinho com amigos no decorrer da semana, durante o dia, como se não bastasse, embriagado...e pior, colocando a vida de inúmeras pessoas em risco.....Vai procurar o que fazer desocupado.....Pois, muitos homens na sua idade....estão a procura de emprego, estudando, trabalhando, correndo atrás de algo que vá acrescentar valores em suas vidas e de seus familiares.....Pré- assassino....Meu DEUS nos abençõe e nos proteja de pessoas irresponsáveis como esse talzinho
 
Patricia Maria em 25/05/2011 05:37:58
Como podemos ver Roni estava embreagado ao dirigir o carro, e felizmente ele caiu dentro do rio, pois no estado que ele estava ele poderia muito bem atropelar uma pessoa, nossa amiga neyde de oliveira disse muito bem ao falar a seguinte frase, ''Antes cair no córrego,que ferir alguém por sua negligência''.
No meu ponto de vista esse jovem esta muito tranquilo ao dizer, “Di boa. Amanhã estou com o carro de volta”, ele sabe que não vai receber uma boa pena por isto, por isso que está tão tranquilo, talvez se a lei fosse mais severa quanto a isso, este caso não iria ter acontecido. Acho eu que esse jovem tinha que recever uma boa punição, por que ele poderia muito bem não ter parado com o carro dentro do rei, mais sim ter batido em algum outro carro, ou em alguma pessoa, provocando uma morte.
 
Lucas Daniel - Caje em 25/05/2011 05:32:29
E o cidadão trabalhador e de bem sendo importunado com as blitzes, onde elas estavam nestas horas?
Dou um pirulito se amanha este indivíduo não estará novamente com seu veículo e embriagado, campograndensses cuidado,este aí pode ser o autor de mais uma estrelinha.
 
Gustavo Cesar C. Gonçalves em 25/05/2011 04:58:10
Para fugir da polícia ele consegue,né?
Antes cair no córrego,que ferir alguém por sua negligência.Bem feito...
 
neyde de oliveira em 25/05/2011 04:30:00
Se fosse em outro país esse vagabundo iria cumprir uma longa pena, mas ele sabe que está no Brasil, a terra da impunidade.
 
Luciano Bandeira em 25/05/2011 04:01:45
O jovem do acidente aí tem conhecimento das leis: “Di boa. Amanhã estou com o carro de volta”.
Ele sabe que as leis são brandas e com um pouco de conhecimento com algum ocupante de cargo público poderá reaver seu veículo, mesmo o cidadão estar em estado deplorável, mal conseguindo falar!
 
Wellington Sampaio em 25/05/2011 03:01:49
Como diz o ditado "Deus protege os bebados e as crianças". Esse tem que agradecer muito a Deus, nem o carro teve muitas avarias....
 
leandro c. gutterres em 25/05/2011 02:44:59
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions