A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

18/02/2011 13:18

Rapaz é suspeito de abusar sexualmente da enteada de 13 anos

Nadyenka Castro

Contra ele há também duas denúncias de violência doméstica

Um rapaz 19 anos é suspeito de abusar sexualmente da enteada, de 13 anos, no bairro Parque do Lageado, em Campo Grande.

Ele, que não foi preso, é casado com uma mulher de 35 anos cuja filha contou que é abusada pelo padrasto.

Segundo relato da mulher à Polícia Civil, a situação acontecia quando ela saía para trabalhar. A adolescente falou à mãe que não houve penetração, mesmo assim o caso é considerado estupro pela lei.

Antes disso, a mulher já havia denunciado o marido outras duas vezes à Polícia Civil: uma em dezembro de 2009 por ameaça e outra em abril de 2010 por vias de fato.

Neste período, eles se separaram, mas voltaram a viver juntos. O casal tem um filho juntos.



concordo com o comentario do marco aurelio hj o esposo tem idade de ser filho essa mulher era pra ser presa tm por pedofilia..... vagal
 
gislaine de araujo em 18/02/2011 07:49:19
Concordo com as opiniões anteriores, mas penso que se tais elementos soubessem quais são as conseqüências para este tipo de crime certamente pensariam muito antes de se portarem feito montros irracionais.
1) O crime de abuso sexual a pena inicial é de 06 a 10 anos, é claro que ainda será analisado a freqüencia do ato, e os meios de violência utilizados para imobilizar a vítima o que poderá elevar a uma pena mínima de 15 anos, (o que ainda é pouco).
2) A pena cobrada dentro do presídio é que faz realmente a justiça porque o elemento com certeza arrepende até de ter nascido e isso é o que talvez possa trazer um sentimento de que a justiça está sendo feita, mas que certamente não apagará do coração desses inocentes anjos o fato que muitas das vezes nem é bem compreendido em suas cabecinhas.
3) Cabe a justiça penalizae os responsáveis (Pai ou mães,) pelo descuido de incapazes quando no caso for constatado tal fato.
4) Sou a favor de campanhas publicitárias alertando quanto as conseqüências de expor a segurança de inocentes a mercê da sorte!!!
 
Mara Ledo em 18/02/2011 06:09:24
caso esse fato seja confirmado e de se embasbecer tamanha falta de humanismo, mas não podemos julgar as pessoas precipitadamente, haja vista que já houve fato semelhante na qual a pessoa foi acusada de cometer atos desse porte e ao final da investigação era mentira. fica um alerta não deve-se julgar as pessoas antes da certeza da autoria da prática delitiva.
 
ADRIANO ARAUJO VILLELA em 18/02/2011 05:35:34
Nesse caso o estupro é presumido, independe da vontade da criança ou da "mãe".Espero que sirva de alerta às familias que se encontram nessa situação.O problema é se daqui a algum tempo quando a poeira baixar, os dois reatarem de novo o relacionamento, colocando em risco a vida dessa adolescente.
 
Adalberto alves villar em 18/02/2011 05:00:04
Isso e um Absurdo!!ela ja tinha denunciado o esposo e ainda volta a morrar com ele.
 
Lucimar Lopes em 18/02/2011 04:52:22
Se For comprovado o crime sexual é só vestir ele de mulher e deixá-lo numa dessas penitenciárias gritando que chegou um pedófilo ou um estuprador, ai ele vai ver o que é passar por maus bocados.
 
Wildner Astorga em 18/02/2011 04:49:25
realmente nao justifica , mas que cabeça essa mulher tem, poxa tem uma filha de 13 anos e arruma um marido que tem a metade de sua idade, ta pedindo pra coisa pior acontecer mesmo... ou é cega ou nao quer ver....
 
leidiane brito em 18/02/2011 04:46:32
O que uma mulher de 35 anos, com filha adolescente quer com um guri de 19 anos? Bom, 19 anos ele tem hoje, mas pelo que indica a reportagem, isso ja vem de longa data, porque até ja tem um filho dele. As mães, hoje, estão sem noção dos perigos que expõe seus filhos, para elas o que importa é ter uma figura masculina dentro de casa, não se interessando se o homem é agressivo, pedófilo, traficante, ladrão, se sujeitam e colocam seus filhos a merce de suas escolhas. Chego a conclusão de que a familia está acabando, não porque o casal (pais) não vivem juntos, mas porque falta o interesse, carinho e amor pelos filhos, e isto em toda classe social.
 
Marcia Maria em 18/02/2011 04:28:35
respondendo o comentario acima, esperando vergonha na cara, coisa q, ja nasce nao se adquire quem quer.
olha a idade da individua
 
ESTER GOMES DOS REIS em 18/02/2011 04:26:34
Não justifica a ação, mais uma mulher de 35 anos, com uma filha adolescente, que coloca um sujeito com metade da sua idade dentro de casa, está esperando o que?
 
marco aurelio em 18/02/2011 04:18:26
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions