A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

02/02/2011 12:55

Aumento do passe de ônibus poderá ser definido neste mês

Paulo Fernandes

Nelsinho diz que espera ter valor do novo passe na segunda quinzena do mês(foto: João Garrigó/arquivo)Nelsinho diz que espera ter valor do novo passe na segunda quinzena do mês(foto: João Garrigó/arquivo)

O valor do reajuste do transporte coletivo em Campo Grande, que é de R$ 2,50, deverá ser definido ainda neste mês. “Na segunda quinzena de fevereiro”, afirmou o prefeito Nelson Trad Filho.

Ele garante que o aumento não será abusivo. O reajuste será feito com base em uma planilha de custos.

Nelsinho disse ainda - durante apresentação, na Câmara Municipal, de balanço sobre as realizações da Prefeitura - que irá asfaltar 95% das linhas de ônibus.

Segundo ele, a frota de Campo Grande é a com maior quantidade de veículos adaptados.



Sou usuário efetivo do transporte coletivo de nossa cidade e quando viajo faço o mesmo onde vou. Por vezes fico na avenida Júlio de Castilho, no trecho onde passam três linhas de ônibus com destino ao terminal Morenão/Júlio de Castilho. Dia primeiro do corrente contei 35 minutos de espera por um ônibus que me levasse até o terminal Júlio de Castilho. De repente, depois desse tempo de espera, ví uma fila de três ônibus chegando ao ponto. Eram as linhas Shopping, Morenão/JCastilho e Bandeirantes. Isto ocorreu por volta das 18:40hs. Mas antes, no período das 14:30hs tomei um ônibus na rua Maracajú, na ácentral da cidade, depois de esperar por mais de 20 minutos e tive um grande problema; estava superlotado. Creio que havia horas que não passava um por alí. Pior, quando chegou nas proximidades da rua Presidente Vargas havia uma mltidão para entrar pelas portas de saída, pois, o ônibus em que viajava quebrou.
Os ônbus que servem nossa população são velhos, com lonas furadas nas emendas daqueles conversíveis. Os guardas-mãos nunca foram limpos e em alguns casos com farpas de aço que nos cortam se não atentarmos aos detalhes. Parafusos soltos e trepidações barulhentas, sem contar que algumas posrtas quando abrefaz isto com dificuldades. As campainhas nem sempre funcionam e o motorista não tá nem aí prevalecendo o berro de quem quer descer no próximo ponto além do que deveria descer.
Não temos linhas tão extensas que justifiquem aumento de tarifas, tão pouco somos bem servidos de ônibus que mereça um aumento. Aliás, estamos entre as tarifas mais caras das capitais brasileira e os piores serviços. Creio que seja o motivo das empresas terem sócios senão donos que são políticos.
Uma vergonha para quemqueria trazer a Copa pra cá.
 
Ezio Jose em 02/02/2011 02:06:43
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions