A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

03/02/2015 16:08

Recapeamento de 35 ruas depende de financiamento de US$ 140 milhões

Projeto prevê que 87 quilômetros sejam recapeados

Michel Faustino
Olarte esteve reunido com representante do CAF na tarde de hoje. (Foto: Gerson Walber/PMCG)Olarte esteve reunido com representante do CAF na tarde de hoje. (Foto: Gerson Walber/PMCG)

A Prefeitura Municipal de Campo Grande busca empréstimo junto ao CAF (Banco de Desenvolvimento da América Latina) para implementar o Programa de Recomposição do Pavimento Asfáltico que irá contemplar 35 vias (87 quilômetros) e beneficiar indiretamente 150 mil pessoas. Cerca de US$ 140 milhões devem ser investidos no programa, sendo que US$ 70 milhões serão financiados junto ao CAF e os US$ 70 milhões serão provenientes de contrapartida da Prefeitura.

Durante a apresentação do “Recap Campo Grande” realizada na tarde de hoje (03) que contou com a presença do diretor representante da CAF no Brasil, Victor Rico Frontoura, o prefeito Gilmar Olarte (PP) disse que o objetivo do programa é “promover a urbanização e a melhoria das condições socioambientais e de circulação viária do município”.

Segundo Olarte a contrapartida da Prefeitura, no valor de US$ 70 milhões, são as obras de drenagem, pavimentação e recapeamento que estão em andamento com recursos do PAC de Qualificação das Vias Urbanas, que prevê 87 quilômetros e 21 quilômetros de recapeamento. Até o momento, 11,63% das obras estão concluídos, a projeção e que até dezembro atinja 48,55%.

Este programa será complementado com os 60 quilômetros do recapeamento previsto no Programa de Mobilidade Urbana, que abrangerá as vias onde serão implantados corredores do transporte coletivo.

“Temos uma malha viária antiga, que precisa de uma solução definitiva, que é o recapeamento. O tapa-buraco é um paliativo, com alto custo para o município”, avalia.

Um dos trechos elencados é a avenida Ernesto Geisel, onde a prefeitura, com um financiamento da Caixa Econômica Federal, visa revitalizar as margens do Rio Anhandui, entre o Shopping Norte Sul Plaza e o Aero Rancho.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions