A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 18 de Abril de 2019

01/02/2019 11:25

Recém saído de presídio, jovem é preso por estelionato e receptação

Autor foi descoberto depois que a polícia parou o motorista de um carro e descobriu que ele era roubado

Bruna Pasche
Denner volta para o presídio novamente e pelo mesmo crime. (Foto: Divulgação Choque)Denner volta para o presídio novamente e pelo mesmo crime. (Foto: Divulgação Choque)

Denner Tavares Donato, de 26 anos, será novamente encaminhado ao presídio pelo crime de receptação e estelionato depois de ter sua prisão em flagrante convertida em preventiva na manhã desta sexta-feira (1°). Ele foi descoberto depois que o do Batalhão de Polícia Militar de Choque abordou um motorista com uma Saveiro roubada no Portal Caiobá II.

Conforme informações do Choque, a equipe abordou o motorista Rafael Aparecido, de 28 anos, por volta da 1h. Durante a conversa, ele contou que havia acabado de negociar o carro, trocando um fiat Uno pela Saveiro com um homem chamado Denner. Desconfiados, os militares descobriram ao checar o chassi, que as placas eram falsas, com registro de roubo em Cuiabá na original.

Rafael então tentou ligar várias vezes para o celular do Denner que havia o bloqueado para não receber a ligação e ao tentar abrir a página do Facebook onde o veículo estava anunciado e a página também já havia sido excluído. A equipe então foi até o bairro Celina Jallad, onde o veículo foi negociado, e encontrou o uno na frente de uma casa na rua Rua Marilda Avelina Rezende Perez.

Na casa estavam Denner e a esposa. Ao ser questionado, ele informou que havia adquirido a Saveiro de um terceiro homem que não sabia o nome e que trocou com Rafael. Na casa, os militares encontraram vários certificados de registro de licenciamento de veículo e certificados de registro de veículos preenchidos, além de peças de veículos, no fundo da residência.

À polícia Denner contou que havia acabado de sair do presidio onde cumpria pena por receptação de outro veículo. Ele também tem passagens por violência doméstica, homicídio, roubo e tráfico.

O veículo foi encaminhado para a Defurv (Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos). Rafael não possui nenhuma passagem pela polícia e não responde pelo crime. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions