ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUINTA  22    CAMPO GRANDE 25º

Capital

Recurso da União será revertido em hospital, UPAs e revitalização da Feira

Campo Grande deve receber R$ 140 milhões da União em 2021

Adriano Fernandes | 26/02/2021 23:14
Encontro do prefeito Marquinhos Trad (PSD) com a bancada federal. (Foto: Divulgação)
Encontro do prefeito Marquinhos Trad (PSD) com a bancada federal. (Foto: Divulgação)

Campo Grande deve receber R$ 140 milhões da União em 2021, para investimento em Saúde (R$ 20 milhões); infraestrutura (R$ 50 milhões) e R$ 70 milhões para um projeto de revitalização da Feira Central.

Do total de emendas garantidas pela bancada federal, R$ 40 milhões serão impositivas, ou seja, o Governo Federal  será obrigado a fazer repasse à Prefeitura. Nesta modalidade de emenda, serão investidos R$ 20 milhões na construção do Hospital da Mulher nas Moreninhas e na reforma das 5 Unidades de Pronto Atendimento.

O mesmo valor será empregado em projetos de drenagem, pavimentação e controle de enchentes. A prefeitura espera complementar os recursos destes projetos com os R$ 70 milhões em emendas não impositivas para obras de infraestrutura, que são consideradas prioritárias como a continuidade da revitalização do Rio Anhanduí,  da Rua do Aquário até a Avenida Manoel da Costa Lima, além da pavimentação e drenagem do Porto Galo,  Roselândia, Jardim Monte Alegre, Morenão, bairros na região do Pioneiros, que impactam com pontos de alagamento no entorno da Avenida Guaicurus.

O projeto prevê a execução de 7,10 km de pavimentação, abrangendo o prolongamento da Avenida Filinto Muller e sua extensão; a Rua Barrabas, continuidade da Avenida  Joana D’arc, e um dos acessos da região à Avenida Gury Marques; Rua Oranges e Rua dos Gonçalves, desde a Ana Luíza de Souza, passando pela Eva Peron, até terminar na Avenida Guaicurus.

A Rua dos Gonçalves, precisa receber  uma grande estrutura de drenagem por ser um canal de escoamento de praticamente toda a enxurrada que desce dos bairros adjacentes, ficando intransitável, além de provocar pontos de alagamento na Guaicurus.

Ainda no Porto Galo, receberão pavimento as ruas Paraúna, 13 de Novembro e Canabras, no Jardim Morenão, Roselândia e Vicentino. A infraestrutura chegará às ruas Roque Davalos, Paraúna, Paulo Valentin, Gregório Nabuco,Durvalina Constância, Chicago,  Benício Pires Freitas, Leiria, Anésia Kasuro Kanashiro, Assaré e Travessa Piquete.

Nos siga no Google Notícias